Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Formas de transmissões do HPV

Formas de transmissões do HPV

O HPV vem sendo considerado uma calamidade no século XXI devido o aumento de casos constatados. Confira neste artigo como acontece o contágio da doença, seus principais sintomas, confira como é realizado o diagnóstico, tratamento, prevenção e saiba se ela pode ser curada ou não.

     

O HPV se trata de uma doença sexualmente transmissível causada pelo papilomavírus humano, uma das enfermidades que vem se fazendo alarmante no século XXI, principalmente entre adolescentes e adultos e, por ser de difícil cura, tanto em mulheres quanto em homens.

Essa DST é conhecida popularmente como verrugas genitais, crista de galo, condiloma acuminado, cavalo de crista e figueira. O primeiro sintoma que se manifesta no indivíduo quando seu organismo é acometido pela doença são as verrugas, que se manifestam com mais intensidade na região íntima do homem e da mulher, nos lábios e na parte interna da boca.

Transmissão

A forma mais vista da transmissão do HPV é o contato sexual, onde nenhum dos parceiros utilizam proteção, sendo que um deles deverá estar contaminado pelo papilomavírus para realizar o contagio do outro. O período de incubação do micro-organismo se dá entre 1 mês à 2 anos, podendo os sintomas vir a serem aparentes ou não.

HPV: transmissão, sintomas, tratamento, prevenção e cura.

O HPV pode acometer tanto homens quanto mulheres. E a melhor forma de prevenir a doença é o uso do preservativo. (Foto: Divulgação)

Mesmo quando os sinais da doença não se manifestam (principalmente nos homens), o vírus continua ativo no organismo do indivíduo, possibilitando assim a sua transmissão.

Sintomas

O primeiro e principal fator que indicia o aparecimento do HPV são as verrugas, que podem se dar em:

» Mulheres: colo do útero, vagina e vulva;
» Homens: glande;
» Ambos: região do ânus, boca e garganta.

Diagnóstico

Esse processo pode ser  realizado através da observação clínica, da biopsia das verrugas ou do papanicolau (em mulheres).

Tratamento

Após a observação do indivíduo, o médico irá descrever o tratamento adequado para o seu quadro e o período em que todo o procedimento de cura deverá ser ministrado, podendo ele se dar pelo uso de pomadas, cremes e cirurgias de cauterização.

Prevenção

A melhor forma de prevenir o contágio do organismo com o HPV é utilizando camisinha em todas as relações sexuais.

Tem cura?

É uma doença de difícil cura, mas pode-se alcançar a eliminação completa do vírus, isso se o paciente realizar todo o tratamento de forma adequada, se prevenir em suas relações íntimas,  alimentar-se corretamente, utilizar todos os remédios ministrados pelo tempo determinado pelo médico, etc.

Aviso

Esse texto se faz como um informativo, portanto, mesmo após analisar as suas informações, procure uma orientação médica sobre essa enfermidade, ainda mais se ela estiver acometendo o seu corpo.

 

 

Saiba Mais:


Quer comentar ?