Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Alimentos para combater a menopausa

Alimentos para combater a menopausa

Para maiores informações sobre os alimentos que ajudam a reduzir os efeitos da menopausa, acompanhe este artigo e fique por dentro do assunto.

     

Menopausa

Como se já não bastasse ter que lidar com o sangramento mensal durante toda a vida, a mulher ainda pode sofrer com a menopausa. Esse é um processo decorrente em mulheres com idade superior a 45 anos e que já encerraram seu ciclo menstrual.

Os efeitos são calores excessivos, alguns distúrbios hormonais e até alteração de humor. O desconforto é com toda certeza aparente, mas você poderá diminuí-los caso tenha consciência da importância de uma alimentação balanceada e condizente com sua necessidade.

Vamos conferir alguns alimentos que, quando inclusos em suas refeições diárias, podem trazer benefícios a longo e curtos prazos. Contudo, é importante que saiba como consumi-los, os acrescente principalmente nas suas receitas caseiras para obter mais sabor.

Alimentação saudável para impedir os efeitos.

Menopausa (foto: reprodução)

Alimentos

Soja –Impede o ressecamento da pele e possui isoflavonas, evita vários dos sintomas da menopausa. 
Tomate –Além de evitar o envelhecimento precoce, pode controlar os níveis da menopausa. 
Iogurte natural –Também com altos índices de proteínas e baixa quantidade de calorias. Auxilia na prevenção de doenças dos ossos. 
Melão cantaloupe –É fortemente armado em proteínas, o que ajuda a manter não só um corpo saudável, mas bonito. Também fortalece os ossos. 
Chá verde –Melhoram o colágeno e auxilia no sistema digestório, rico em catequinas e polifenóis.
Castanha do brasil –Ótimo para o funcionamento do nosso sistema imunológico, possui selênio.
Salmão –Fonte de Ômega 3, não só importante na menopausa, mas na prevenção de várias outras doenças.
Suco de uva – O suco é totalmente composto por fenólicos. O que ajuda a diminuir os efeitos da menopausa.
Azeite de Oliva –Além de ser um produto antioxidante, é uma grande fonte de energia. Previne doenças cardíacas e previne muitas doenças cardiovasculares. 

Quando inseridos em sua alimentação, podem ser funcionais a curto, médio e longo prazo. Tudo dependerá do seu corpo e de como o mesmo pode lidar ao receber tais alimentos. Quando auxiliados com algumas práticas simples, você pode ter uma vida feliz e saudável mesmo nessa fase da vida.

O acompanhamento médico é indispensável, sempre converse com seu médico sobre o seu problema e aos primeiros sinais de irregularidades o contate. Vamos agora a algumas dicas importantes que podem lhe ajudar:

  • Prefira pequenas porções em suas refeições;
  • Faça várias refeições ao longo do dia (ideal 6);
  • Tenha o hábito de ingerir linhaça;
  • Evite frituras, gorduras, açúcares, massas e sobremesas (regularmente);
  • Faça ingestão de sementes de amarantos;
  • Beba mais de 2 litros de água por dia;
  • Evite cafés, bebidas alcoólicas e refrigerantes;
  • Aumente o consumo de alimentos ricos em antioxidantes;
  • Evite sal;

Claro que você poderá tomar uma cervejinha de vez em quando ou comer doces ou petiscos. O que recomenda-se é que esses não sejam hábitos, não há problema com o consumo, há problemas com o excesso. Também pratique atividade física regularmente para ajudar.

Saiba Mais:


Quer comentar ?