Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Motivo do nó na garganta ao chorar

Motivo do nó na garganta ao chorar

Existem momentos em nossas vidas que nos deparamos com um “nó na garganta”, uma angústia sem fim que parece não passar. Mas porque isso acontece? Acompanhe essa matéria e compreenda um pouco mais sobre essa sensação!

     

Existem momentos na vida em que os sentimentos se encontram à flor da pele por vários motivos ou até mesmo sem nenhuma razão eminente, de repente nos surge uma forte angústia no peito, um nó na garganta e a vontade de chorar que parece não passar nunca.

Os estados de tensões são descritos como os grandes responsáveis por essa sensação, que por vezes, parece nos “sufocar” interiormente. Os otorrinolaringologistas afirmam que esse desconforto é gerado pela contração da musculatura do pescoço, fazendo com que a deglutição fique mais difícil, aparentando a existência de uma bola ou objeto na região da laringe.

O que fazer?

Motivo do nó na garganta ao chorar

Mulher com semblante triste.
(Foto: Reprodução)

Uma das práticas mais indicadas para o executamento quando esse incômodo se apresentar é controlar e equilibrar as emoções, fazendo assim com que a estrutura corporal fique mais relaxada. Outro fator importante nesse processo, é identificar as causas que estão produzindo essa sensibilidade, para que um tratamento específico seja realizado com ou sem a ajuda de um profissional da área da saúde, como os psicólogos.

Cuidados

O acompanhamento médico é considerado essencial para os indivíduos que são acometidos por essa sensação com frequência e intensidade, principalmente se ficam tristes com facilidade. Os distúrbios emocionais podem promover doenças graves, como:

  • Depressão
  • Síndrome do pânico
  • TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada)

Recomendações úteis

» Tente resolver seus problemas um de cada vez.

» Se afaste de pessoas que te deixam triste ou te abalam emocionalmente de alguma forma.

» Deixe a sua rotina mais tranquila, sem excessos de atividades pessoais ou profissionais.

» Pratique exercícios físicos regulares para aliviar suas energias e tensões.

» Procure fazer programas calmos e leves, como dançar, cantar, ler, conversar com os amigos, entre outros tipos de entretenimento.

Saiba Mais:


Quer comentar ?