Quem pode doar sangue Hemocentro

Uma das práticas humanitárias que vem ajudando a salvar milhares de vidas todos os anos no Brasil e no mundo são as doações de sangue nos hemocentros e demais redes hospitalares. Essa articulação é extremamente necessária para que transfusões possam ser feitas em casos de acidentes, cirurgias e na dinamização de diversos procedimentos médicos.

O aumento dos estoques sanguíneos vem sendo proporcionados gradativamente e especialistas revelam que se cada cidadão fizesse a sua parte nesse processo, os níveis de recolhimento seriam ainda maiores. O Ministério da Saúde e outros órgãos esperam que os resultados nos próximos anos sejam ainda mais positivos devido ao aumento das palestras e abordagens de incentivo populacional para essa promoção.

Mesmo sendo caracterizado como algo prático, é importante destacar que para ser um doador é necessário atender aos requisitos básicos de saúde estipulados pelos hemocentros, como:

Quem pode doar sangue Hemocentro

Homem fazendo doação de sangue.
(Foto: Reprodução)

» Possuir um sistema imunológico saudável.
» Ter peso mínimo de 50 quilos.
» Ter entre 16 à 69 anos de idade.
» Apresentar documento de identificação pessoal e autorização dos responsáveis, caso seja menor.
» Estar bem alimentado e ter dormido pelo menos 6 horas ininterruptas no dia anterior a doação.

A honestidade é uma das particularidades que não pode faltar no momento da entrevista, caso contrário, ao invés de estar ajudando uma pessoa que necessita, poderá ocasionar danos extremamente graves. Existem ainda alguns itens que promovem impedimento a essa prática, como:

Bloqueio parcial

» Gravidez.
» Tatuagem (pausa por 12 meses).
» Consumo de produtos alcoólicos 12 horas antes da doação.
» Resfriado.
» Pós-parto (90 dias para parto normal e 180 para cesariana).
» Amamentação (pausa por 12 meses).
» Exposição à doenças sexualmente transmissíveis (pausa por 12 meses).

Bloqueio definitivo

» Malária
» Hepatites B e C
» Vírus HTLV I e II, HIV e AIDS
» Doença de Chagas
» Uso de drogas ilícitas injetáveis

Atenção

É importante destacar que existe um intervalo de tempo para cada doação, sendo esse período estipulado de acordo com o gênero do indivíduo:

» Mulheres: a cada 90 dias (3 doações por ano).
» Homens: a cada 60 dias (4 doações por ano).

Procedimento para doar sangue

Doação de sangue

Muitas campanhas são feitas mensalmente para que mais pessoas possam se disponibilizar a doar sangue. Com a quantidade de pessoas nas filas de espera, fica difícil ter um momento em que o hemocentro de sua cidade fique sem necessidade desse bem natural que salva vidas.

Se você também se interessa pela doação de sangue e não sabe como proceder quanto a isso, acompanhe todas as orientações no decorrer deste artigo e entenda também quais os tipos de sangue que estão em falta atualmente no Brasil.

Tipos de sangue

Para você que não conhece, os tipos de sangue existentes são:

  • O +
  • O –
  • A +
  • A –
  • AB +
  • AB –
  • B +
  • B –

Há também vários critérios que diz respeito à saúde do doador que podem impedir ou permitir que o mesmo faça suas doações. É interessante lembrar que aqueles que doam sangue frequentemente o podem fazer a cada 3 meses os homens e a cada 4 meses as mulheres.

Hoje, os tipos de sangue que mais necessitam de doação em território brasileiro são: O-, O+, A+, A-.

O doador de sangue possui muitos benefícios.

Doe sangue, salve vidas (Foto: Reprodução)

Documentos necessários 

  • RG ou qualquer documento com foto

Requisitos

  • Estar com a saúde em dia
  • Ter entre 16 e 69 anos
  • Pesar mais de 50 kg
  • Não estar em jejum
  • Ter evitado nas últimas 3 horas alimentos gordurosos

O que me impede temporariamente?

  • Febre
  • Gripe
  • Gravidez
  • Pós parto
  • Utilização de medicamentos anteriores
  • Risco de DST

Cirurgias e seus impedimentos

  • Extração dentária – 72 horas
  • Apendicite
  • Hérnia – 3 meses
  • Amigdalectomia – 3 meses
  • Varizes – 3 meses
  • Colecistectomia – 6 meses
  • Histerectomia – 6 meses
  • Nefrectomia – 6 meses
  • Redução de fraturas – 6 meses
  • Politraumatismos – 6 meses
  • Tireoidectomia – 6 meses
  • Colectomia – 6 meses
  • Ingestão de bebida alcoólica – Dia da doação
  • Transfusão de sangue – 1 ano
  • Tatuagem – 1 ano
  • Vacinação – Depende do tipo de vacina

O que me impede definitivamente?

  • Hepatite após os 10 anos de idade
  • Hepatites B e C
  • Aids (HIV)
  • Doenças associadas aos vírus HTLV I e II
  • Doença de Chagas
  • Uso de injeção de drogas ilícitas
  • Malária

A coleta do seu sangue é feito de forma segura e as perguntas pessoais com relação a sua saúde e o uso de drogas são feitos em sigilo total. Você contará com a descrição dos médicos e enfermeiros.