Chá de hibisco é bom para gordura abdominal

Um dos produtos que vem chamando a atenção de pessoas do Brasil e do mundo é o famoso chá de hibisco, solução preparada com o extrato da planta de mesmo nome, que também é conhecida pela denominação de Flor-de-graxa, Graxa-de-estudante, Goela-de-leão, Rosa-da-china e Mimo-de-vênus.

Os grandes motivos que destacam esse vegetal é o seu poder medicinal benéfico à saúde humana, pois é capaz de promover a perda de peso, controlar o colesterol, a pressão arterial, prevenir problemas no fígado, melhorar as ações cerebrais, além de evitar a retenção de líquidos e o acúmulo de gordura corporal, principalmente as localizadas no abdômen, que incomodam bastante os indivíduos.

Esses efeitos são proporcionados graças aos seus excelentes compositores nutricionais, que se apresentam em pouca caloria e com relevantes quantidades de vitaminas, ferro, cálcio, fibras e ácido fólico. Para quem deseja adquirir um padrão físico favorável, ou seja, com menores medidas, deixando o corpo mais durinho e definido, a inserção do hibisco na alimentação é completamente favorável, manifestando resultados em pouco tempo.

Como consumir?

Chá de hibisco é bom para gordura abdominal

Representação da flor hibisco em tonalidade vermelha.
(Foto: Reprodução)

A planta hibisco pode ser ministradas na composição de chás, saladas, sopas, molhos e geleias.

Quantidade indicada para consumo

Essa taxa pode ser estipulada de várias formas, visando que o consumo desse produto também é pluralizado.

  • 200 ml; ou
  • entre 4 à 6 gramas da flor seca; ou
  • uma colher de chá; ou
  • entre 2 à 3 pacotinhos de chá.

Observação: É importante que esses níveis diários sejam respeitados, pois o excesso de consumo do hibisco pode provocar desidratação, devido ao seu alto poder diurético no organismo.

Onde comprar?

Lojas de produtos naturais, farmácias e mercados.

Contraindicações

O consumo dessa propriedade não é indicado para gestantes, pessoas que possuem pressão arterial baixa e mulheres que estão amamentando.

Observação

O hibisco deve ser ministrado juntamente com uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos regulares para proporcionar os efeitos da queima da gordura corporal.

Chá de folha de amora emagrece rápido

A amora é uma fruta deliciosa que pode ser consumida fresca, in natura, ser adicionada a sobremesas e sucos. É classificada cientificamente como uma planta medicinal, devido as propriedades antioxidantes e anti-inflamatória. Suas folhas também são benéficas à saúde humana, isso porque seu chá proporciona efeitos incríveis, como o tratamento da osteoporose, a amenização de cólicas menstruais e também a perda de peso.

O emagrecimento mencionado acima, é realizado graças aos compostos encontrados nessa fruta e em suas folhas, que ocasionam ações diuréticas, antioxidantes e reguladoras intestinais, pontos essenciais para o bom funcionamento do organismo. Por causa dessas e outras razões, esse alimento vem sendo muito consumido no mercado.

Outro importante ponto a se destacar sobre essa fruta, é a quantidade de nutrientes que ela possui, como ferro, potássio, magnésio, fósforo, selênio, vitamina A, vitamina C e do complexo B.

Chá de folha de amora

Chá de folha de amora emagrece rápido

Representação de uma amoreira.
(Foto: Reprodução)

O chá das folhas da amora, vem mostrando grandes resultados em relação a perda de peso. Quando utilizado juntamente com uma boa dieta ou reeducação alimentar e a realização regular de exercícios físicos, proporciona um emagrecimento rápido aos seus consumidores.

Modo de preparo

» 1° passo: Ferva um litro de água;

» 2° passo: Acrescente de 3 à 5 folhas de amora e deixe descansar por uma ou duas horas.

Esse produto também pode ser encontrado pronto em lojas de produtos naturais e de manipulação, tanto em forma de sachês para chá ou em cápsulas, onde seu preço varia entre R$ 3,00 à R$ 25,00 reais.

Consumo

Indica-se que 2 litros do chá seja consumido diariamente, durante o longo do dia, como se fosse água. Estima-se que a perda de peso em média com o consumo desse alimento, seja de 1,5 quilos por semana.

Observação: O consumo demasiado da amora e seus componentes, pode provocar crises de diarreia por causa da sua alta quantidade de fibras.

Contraindicação

O chá das folhas de amora deve ser evitado durante a gravidez, principalmente se for sem o acompanhamento médico.

Atenção!

Não se esqueça que para obter uma rápida perda de peso, o chá deverá estar associado a dietas e a prática de exercícios físicos. Caso isso não aconteça, os resultados poderão ser inferiores do que os relatados pelas pessoas que aderiram a esse processo.