Como acertar o relógio para o horário de verão

O horário de verão é articulado há vários anos em território brasileiro, isso ocorre em prol de diminuir o uso de energia em algumas das suas dimensões, promovendo assim uma considerável economia anual em fator energético, com relevância nos horários de pico.

Dentre as regiões que aderem essa medida, podemos citar o Sudeste, Sul e Centro-Oeste, tendo São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Espirito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Paraná e Santa Catarina como os estados mais poupadores de energia.

Como acertar o relógio para o horário de verão

Menina mudando a hora do relógio.
(Foto: Reprodução)

Quando começa e termina?

A iniciação dessa adoção acontece desde 2008 no terceiro domingo de Outubro, acabando no terceiro domingo de Fevereiro – exceto quando essa data se compatibiliza com o feriado do Carnaval, fazendo com que haja uma prorrogação de mais uma semana.

Como atualizar as horas?

Todos os aparelhos que contenham relógios devem ser adiantados em uma hora a partir da meia noite de domingo. Para fazer com que o horário volte ao normal ao fim desse período, basta apenas diminuir uma hora assim que a meia noite do último domingo chegar.

Dica

Viu como é fácil fazer essa alteração? Aproveite bem os dias mais longos de verão que essa adoção proporciona, colocando em prática novos hábitos de vida, como praticar exercícios físicos ao entardecer ou efetuar alguma opção de lazer que gosta, como sair para passear, brincar com o animal de estimação, fazer um piquenique, etc.

Quantas horas de musculação é suficiente por dia?

A prática de exercícios físicos é extremamente benéfica a toda a estrutura corporal, isso porque retira o indivíduo de uma vida sedentária, viabilizando excelentes melhoras no funcionamento do seu sistema imunológico, nas atividades do dia a dia e também em sua estética física.

Uma das modalidades que se encontra totalmente presente nesse processo é a musculação, execução descrita como treinamento de força, responsável por desenvolver os músculos através das contrações proporcionadas a eles (pelas séries, pesos e repetições).

Para conseguir alcançar bons resultados é essencial que os atletas mantenham sempre um bom desempenho, tanto nos exercícios, quanto na alimentação, que também é uma particularidade extremamente importante.

Quanto tempo de treino é necessário?

Quantas horas de musculação é suficiente por dia?

Homem fazendo supino.
(Foto: Reprodução)

Entre 45 minutos à 1 hora. O que realmente importa durante a dinamização da musculação não é o tempo, mas sim como os exercícios que estarão sendo efetivados. Quando os treinos são feitos com muita intensidade e excesso, pode ocasionar lesões à musculatura.

Quantas vezes por semana?

Até 3 vezes para iniciantes e 6 para intermediários e avançados. É relevante destacar que os grupos musculares devem ser trocados diariamente nos treinos para que tenham seu tempo de descanso, ou seja, de recuperação.

Qual o tempo ideal de descanso?

Entre 24 à 72 horas.

Dicas

A alimentação rica em proteínas e fibras auxiliam no ganho e definição de massa magra.

Nos primeiros dias de prática, as séries devem ser promovidas com poucos pesos, mais leves, devendo aumentar esse ritmo somente quando a estrutura corporal se demonstrar capaz de passar por tais ações.

A elevação de cargas dos exercícios semanalmente (ou até diariamente) é bem relevante para a obtenção de maiores resultados.

Manter sempre uma boa postura na execução dos exercícios é essencial para prevenir qualquer tipo de trauma.

A musculação sempre proporciona dores aos seus praticantes e nenhum medicamento deve ser tomado para contê-las. As dicas para aliar os desconfortos é dormir bem e fazer massagens no local, assim o músculo conseguirá se recuperar mais rapidamente.