Práticas que o tornam mais sustentável

Ao acompanhar os noticiários na televisão, na rádio, jornais, revistas e também pela internet, podemos perceber que as ações humanas estão promovendo sérios danos a todo o ecossistema, fazendo com que seu equilíbrio seja perdido e por consequência, venham sérios prejuízos.

Uma das principais razões resultantes na degradação do meio ambiente é o consumismo exacerbado, ele produz uma maior facilidade para a vida dos seus adeptos, que conseguem tudo em mãos sem muitos esforços, fazendo de algumas práticas tidas como insignificantes um grande mal global.

Pesquisas recentes mostram que cada brasileiro produz em média 379 quilos de lixo por ano, valor que se for multiplicado pela quantidade de habitantes do país equivale a quase 80 milhões de toneladas. Agora, imagina se esse número for calculado em relação a população mundial? Se tratam de dados gigantescos!

Práticas que o tornam mais sustentável

Mãos segurando um mundo mais sustentável.
(Foto: Reprodução)

Devido a essas e outras informações, indivíduos de vários Estados vem dinamizando melhores relações de consumo em seu dia a dia, o que produz a criação de práticas sustentáveis individuais que diminuem consideravelmente os valores descritos acima. Entre as atividades abordadas por eles, podemos citar:

Usar bolsas, caixas de papelão ou sacolas recicláveis para levar as compras do mercado ou de outros pontos do comércio para o destino desejado;

Levar consigo garrafinhas de água, copos, pratos e talheres próprios para diminuir o uso desses produtos disponíveis no mercado, a maioria deles são de plástico e poluem o meio ambiente;

Fazer compras em feiras ao ar livre, além dos produtos naturais mais saudáveis, evitará embalagens que ao serem descartadas também poluem ecossistema;

Levar lenços de tecido para restaurantes e lanchonetes, ao invés de usar guardanapos;

Produzir produtos de beleza e limpeza em casa, para diminuir a compra de mercadorias com agentes químicos;

Não jogar comida fora e reaproveitar tudo o que pode, nem que seja encaminhando para outras pessoas.

Que tal entrar nessa onda e fazer a sua parte? Além de não perder nada com isso, ainda terá uma maior qualidade de vida, evitando a extinção de espécies, o aquecimento global e outros problemas constatados em meio a biodiversidade!

Saladas que impedem o emagrecimento

A perda de peso é um dos desejos mais relatados pela população mundial da atualidade, porém, muitos não sabem o que fazer para alcançar esse objetivo e com isso acabam executando procedimentos que ao invés de promover o emagrecimento, acabam atrapalhando.

O consumo correto de nutrientes e calorias é um dos fatores essenciais nessa modalidade de emagrecimento, ele se manifesta através da realização de dietas ou reeducação alimentar. O acompanhamento de um nutricionista é mais que aconselhável nesse meio, pois através do IMC (Índice de Massa Corporal) e outras taxas, o profissional dita ao indivíduo os melhores cardápios para sua ingestão.

Os excessos alimentares são um dos motivos que impedem a perda de peso, mesmo que os alimentos contidos nas refeições sejam saudáveis. Portanto, é muito importante manter um controle das dimensões de comida no prato durante todo o dia.

Embora saudáveis, até mesmo as saladas podem promover o ganho de alguns quilinhos, isso devido a parte dos ingredientes adicionados a elas, como molhos, óleos, azeites, sementes, queijos, azeitonas, torradas e sal. Todos esses produtos deixam esse prato muito mais gostoso, porém, mais calórico que o esperado.

Saladas que impedem o emagrecimento

Salada saudável com um erro de ingrediente: as azeitonas.
(Foto: Reprodução)

Preparando uma salada que não engorda

Preparar uma salada saudável é muito mais fácil do que muitos imaginam, ainda mais quando os alimentos podem ser feitos de várias maneiras, como crus, cozidos, assados e até mesmo grelhados. Os componentes das saladas geralmente podem ser preparados dessas quatro formas, salvo a maioria das folhas.

Dicas importantes!

» Escolha sempre nutrientes pobres em carboidratos e ricos em fibras e vitaminas.

» Escolha entre 3 ou 4 ingredientes para compor a salada.

» Evite repetir as verduras e legumes todos os dias.

» Deixe as saladas sempre bem coloridas.

» Se possível, tempere a salada apenas com um pouquinho de azeite de oliva extra virgem, retirando o vinagre e o sal, pois ambos elementos ajudam a promover a retenção de líquido e a celulite.

» Tente sentir o gosto dos alimentos sem o uso de temperos.

» Mastigue todos os alimentos devagar.

» Coma o prato de salada na entrada, para diminuir a ansiedade e comer mais do que deve os outros alimentos pesados.

» Controle a quantidade de salada que colocará, uma boa dica nesse processo é diminuir o tamanho do prato e escolher o mais raso possível.

Saladas não recomendadas na dieta

  • Salada de maionese
  • Salpicão de frango
  • Salada waldorf
  • Salada de bacalhau
  • Tabule
  • Salada niçoise
  • Salada caesar
  • Salada caprese

Não faça ingestão desses tipos de saladas durante o processo de emagrecimento, exceto no caso de possuir os dias livres ou do lixo.

Tipos de almoços leves para levar pro trabalho em dias corridos

A alimentação saudável vem sendo bastante aderida na rotina das pessoas atualmente, isso porque elas vem buscando manter hábitos saudáveis tanto em prol da sua saúde, quanto pelas vantagens estéticas que esse processo proporciona, como a perda de peso, definição muscular e ganho de massa magra.

Um dos problemas que podem vir a prejudicar essa reeducação alimentar é a correria do dia-a-dia, onde muitos dos indivíduos optam por comer em qualquer rede alimentícia, optando por opções de consumo práticas, geralmente com componentes industrializados, com altas taxas de gorduras, açúcares e sódio.

Se você se enquadra nessa estressante realidade, mas ainda assim deseja manter uma alimentação balanceada durante o dia, principalmente na hora do almoço, que é uma das refeições mais importantes do nosso cardápio, deixe a preguiça de lado e confira algumas dicas leves e práticas que poderão te ajudar nisso:

Observação: Lembre-se, tudo é questão de costume. Inicialmente vai bater aquele desânimo de preparar as refeições, mas depois tudo tornará uma rotina, sendo ela muito benéfica para o seu organismo!

Almoços rápidos e saudáveis

Saladas

As saladas podem ser servidas com folhas, legumes e verduras (cruas ou cozidas). É importante sempre variar os tipos de alimentos e deixar a composição do prato sempre bem colorida. Proteínas e carboidratos também podem ser inseridos nessa composição, proporcionando assim mais saciedade. Confira abaixo alguns ingredientes e use a sua imaginação para fazer as combinações:

Tipos de almoços leves para levar pro trabalho em dias corridos

Representação de um sanduíche natural.
(Foto: Reprodução)

  • Alface;
  • Ovo cozido;
  • Tomate;
  • Pedaços de frango grelhado;
  • Nozes;
  • Grão-de-bico;
  • Hortelã;
  • Couve;
  • Cebola;
  • Camarão;
  • Beterraba;
  • Abacaxi;
  • Pepino;
  • Queijo branco;
  • Cenoura;
  • Repolho;
  • Cogumelos;
  • Azeitona;
  • Nabo;
  • Berinjela;
  • Brócolis;
  • Soja;
  • Rabanete;
  • Gergelim;
  • Rúcula;
  • Peito de peru;
  • Abobrinha;
  • Acelga;
  • Pão sírio;

A infinidade de alimentos que podem compor um prato de saladas é visível, portanto, vá testando receitas até encontrar as melhores combinações para o seu paladar. O uso de molhos nesse tipo de refeição produz gostos deliciosos e diferenciados, mas deve-se prestar atenção nas calorias que esse produtos possuem. Opte por prepará-los de forma caseiras, com alimentos saudáveis e lights.

Sanduíche natural

Muitos ingredientes podem ser utilizados para compor esses sanduíches, o mais importante é não exagerar em nenhum deles e preferir combinações balanceadas, como o uso do pão integral ou sírio para dar base ao prato.

  • Pão (integral ou sírio), alface, tomate, requeijão light, pepino e peito de peru;
  • Pão (integral ou sírio), maionese caseira light, frango grelhado, cenoura e beterraba ralada;
  • Pão (integral ou sírio), pasta de atum light, alface, tomate r grãos de linhaça;
  • Pão (integral ou sírio), ovo poche, queijo branco, hambúrguer de carne caseiro, tomate, rúcula e cenoura ralada;

Omelete

As omeletes devem ser preparadas de maneira saudável e sem a utilização de muita gema, aproveitando com mais intensidade a sua clara. Com apenas um fiozinho de azeite na panela é possível fritá-la, adicionando pouco sódio e temperos a gosto como cebola, alho, pimentão, tomate, peito de peru, frango grelhado, farinha de linhaça, etc.

Sopa

As sopas são excelentes opções de refeições saudáveis, desde que não exagere na quantidade de alimentos e prefira o uso de carboidratos com baixo índice glicêmico, como a substituição da batata tradicional pela doce. Peixes, carnes e frangos também podem ser consumidos nessa modalidade, sendo eles cozidos, assados ou grelhados.

Dica: Indica-se que os ingredientes após do cozimento, sejam triturados, criando um creme saudável e apetitoso.

Macarrão integral com frango e salada

O macarrão integral é uma excelente fonte de energia. Quando consumido com outras fontes pouco calóricas e altamente nutricionais, fazem muito bem para o organismo. As únicas dicas para a preparação desse prato são: cuidado com a quantidade de sal, o tipo de molho que vai de acompanhamento e a maneira como o frango será feito.

Dica: Procure sempre manter uma linha de preparo saudável.

Batata doce de microondas com recheio

Lave bem a batata (sem retirar a sua casca), faça furos em sua dimensão com um garfo, em seguida coloque-a em um recipiente e leve ao microondas por cerca de 8 minutos ou até que ela fique macia. Depois, corte-a no meio e recheie com creme de atum, peito de frango, salada, peito de peru, queijo branco, verduras e legumes cozidos ou crus, opções de patês ou molhos saudáveis.

Wrap

Pegue o pão sírio e crie um enroladinho com a adição de ingredientes como peito de peru, alface, rodelas de tomate, cenoura e beterraba ralada, queijo branco ralado ou em cubinhos, pepino cortado em fatias finas, patês, maionese, creme e molhos saudáveis.