Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

Conseguir um peitoral mais firme é uma busca incessante para as mulheres, principalmente as que possuem seios muito fartos, a flacidez as acomete com maior facilidade dificultando o processo de enrijecimento. Esse desejo também vem sendo apresentado por homens, afim de aumentar o tamanho da região, deixando seu físico com uma excelente modelagem estética.

Para conquistar esses resultados, inúmeras pessoas dinamizam exercícios localizados para a área, com o intuito de tonificá-la sem que tenha que ser realizado nenhum tipo de procedimento cirúrgico. Todas as execuções são bem simples e podem ser articuladas de forma regular.

Sequência de exercícios

Crucifixo com halteres

Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

Crucifixo com halteres.
(Créditos da foto: http://sofileh.com.br/)

Supino reto

Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

Supino reto.
(Créditos da foto: http://www.mundoboaforma.com.br/)

PullOver

Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

PullOver.
(Créditos da foto: http://www.alienado.net/)

Prancha

Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

Prancha.
(Créditos da foto: http://chocolla.com.br/)

Flexão de braço

Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

Flexão de braço.
(Créditos da foto: http://gofitandhealthy.com/)

Rosca direta

Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

Rosca direta.
(Créditos da foto: http://exerciciosparafazeremcasa.com/)

Remada alta

Exercícios físicos que fortalecem a região dos seios

Remada alta.
(Créditos da foto: http://www.oficinadamoda.com.br/)

Dicas

Para diminuir as dores no pós-treino, faça massagem nos seios.

É importante que o praticante tenha um bom treinador para que ministre os exercícios corretamente, evitando o ocasionamento de lesões na musculatura.

Manter bons hábitos alimentares é essencial para dar mais resistência ao sistema imunológico e ficar com um “corpinho sarado”.

Aumente as sequências e intensidades dos treinos sempre que sentir que o seu físico está com um melhor desempenho, isso ajudará a fazer com que a musculatura não se acostume com as atividades, produzindo resultados mais rápidos.

Beba bastante água, consuma refeições pequenas, fracionadas, saudáveis e sempre muito coloridas, contando com a presença de proteínas, fibras, oleaginosas, integrais e carboidratos com baixo índice glicêmico. Essas propriedades auxiliam no crescimento, fortalecimento e definição muscular.

Como fortalecer os cabelos com babosa

Um dos vegetais que vem sendo destacados no ramo estético devido aos seus benefícios é a babosa, porque sua estrutura possui componentes excelentes para tratamentos de beleza em geral, além disso, consegue prevenir e ajuda a combater problemas de saúde como as infecções, que podem acometer o organismo por vários motivos.

Popularmente chamada de aloe vera, a babosa, quando ministrada de maneira correta, consegue fortalecer os fios capilares, dando a eles mais resistência, brilho e maciez, evitando as pontas duplas, a queda do cabelo e a calvície. As relevantes razões que propiciam essas vantagens, são as propriedades hidratante, regeneradora e nutritiva que possui.

Como usar?

Dicas para fortalecer os cabelos com babosa

Babosa.
(Foto: Reprodução)

Siga os passos abaixo e veja como ministrar a babosa no cabelo, para promover os seus benefícios aos fios:

» 1° passo: Pegue uma pouco de creme de hidratação e coloque em um recipiente;

» 2° passo: Separe uma folha de babosa, abra-a, retirando toda a sua “baba” e a adicione no creme;

» 3° passo: Misture bem;

» 4° passo: Com os cabelos bem lavrados e penteados, passe a mistura nos fios como se estivesse fazendo uma massagem;

» 5° passo: Prenda os cabelos com uma presilha e deixe a hidratação agir entre 5 à 15 minutos;

» 6° passo: Depois enxágue bem os fios.

Esse processo deverá ser realizado uma vez por semana ou a cada 15 dias.  Quando for passar o creme, espalhe-o dois dedos abaixo da raiz, para que o produto não entre em contato com o couro cabeludo.

Dica

Uma boa tática que também irá ajudar na hidratação e fortalecimento dos cabelos, é o uso de loções, cremes e shampoos à base de aloe vera. Assim, além de manter a hidratação com o próprio vegetal (como descrito acima), ainda irá promover o cuidado diário com os fios.

Observação: Existem algumas clínicas estéticas e de manipulação que vendem esses produtos com níveis mais concentrados da babosa. Eles também são indicados para uso.

Como fortalecer a lombar hérnia de disco

A coluna vertebral é muito importante para a sustentação e equilíbrio do corpo, sendo composta por cerca de 33 vértebras,  7  cervicais, 12 torácicas, 5 lombares, 5 sacrais e 4 coccígeas. Ao observa-la de lado, é possível ver que toda a sua estrutura possui curvas graduais, característica responsável por dissipar as forças longitudinais do local.

Em meio as vértebras cervicais, torácicas e lombares, pode-se encontrar os discos intervertebrais, particularidades constituídas por tecido cartilaginoso e elástico, que tem como principal função amortecer o impacto entre essas vértebras, evitando o atrito entre elas. Quando esse processo não acontece com destreza, ou seja, quando parte do disco sai da sua posição e comprime as raízes nervosas da coluna, a hérnia de disco é manifestada.

Como fortalecer a lombar hérnia de disco

Representação de uma coluna vertebral.
(Créditos da foto: https://www.fiapodejaca.com.br/)

É caracterizada como hérnia de disco lombar, quando o disco intervertebral atingido é de uma vértebra lombar. Esse distúrbio acomete com mais frequência as pessoas que praticam atividades/exercícios exaustivos, possuem predisposição genética para essa enfermidade, portam doenças congênitas, homens de meia-idade, entre outros.

Os principais sintomas apresentados na decorrência desse transtorno são:

  • Formigamento;
  • Dor;
  • Pulsação;
  • Queimação;
  • Dormência na panturrilha ou na planta do pé;
  • Paralisação do corpo;
  • Dor aguda em uma parte da perna, nádegas e/ou quadril;
  • Fraqueza nas pernas.

O tratamento dessa enfermidade, consiste no uso de medicamentos e injeções, mudanças de hábitos de vida, intervenções cirúrgicas e realização de alguns processos que ajudam a fortalecer a área atingida, como:

 Manter sempre uma boa postura;

 Evitar movimentos de retificação, torção, retroversão pélvica e flexão da coluna;

 Fazer alongamentos regulares com métodos estáticos;

 Dar prioridade para a realização de exercícios, onde a estrutura corporal fique deitada ou em pé;

 Praticar exercícios de postura no Pilates, para fortalecer o local;

 Utilizar bancos com 80° ou menos, para diminuir a compressão da região;

 Fazer sessões de massagem, para relaxar a musculatura lombar;

 Ter cuidado e boa postura ao deitar, sentar e levantar;

 Repousar e dormir bem. Hábitos que ajudam muito a melhorar a hérnia de disco, ajudando ainda a diminuir as dores;

Como fortalecer os ossos dos dentes

Os dentes são classificados como órgãos de natureza calcária, de cor branca, tendo uma consistência bem dura. Todas as suas estruturas se encontram fixadas nos maxilares, onde se subdividem entre caninos, incisivos, pré-molares e molares. Sua principal função é a mastigação dos alimentos.

A sua conservação se faz altamente necessária para sua manutenção. Diversos fatores podem ocasionar o enfraquecimento da sua composição, proporcionando sua perda óssea, como:

Dicas para fortalecer os ossos dos dentes

Mulher sorrindo.
(Foto: Reprodução)

» Presença de bactérias;
» Falta de cálcio;
» Consumo de alimentos ácidos;
» Uso de certos medicamentos;
» Problemas de digestão;
» Bulimia;
» Placa bacteriana;
» Destruição do esmalte dentário;

Como fortalecer os dentes?

Para evitar a sensibilidade dos dentes, seu enfraquecimento e outros diversos transtornos, alguns procedimento terão que ser praticados regularmente, como:

» Consumir alimentos e suplementos diários com cálcio, pois esse elemento ajuda a fortificar a carga dentária;

» Diminuir o consumo de açúcares e alimentos ricos em acidez;

» Aumentar o consumo de laticínios que possuam baixo teor de gordura;

» Manter sempre uma excelente higienização bucal, escovando e passando o fio dental após todas as refeições;

» Utilizar escovas de dente que possuam excelente qualidade, de preferência as ultra-macias, pois não agridem a gengiva;

» Não colocar muito creme dental para escovar os dentes;

» Optar por usar cremes dentais e enxaguantes bucais que possuam flúor em sua composição, pois tal substância restaurar a perda óssea dos dentes e fortalecer o seu esmalte;

  • Observação: Não é indicado que crianças menores de 10 anos utilizam produtos com flúor.

» Fazer consultas regulares ao dentista quando alguma alteração na boca for manifestada ou marque pelo menos uma consulta a cada seis meses, para saber como está a saúde bucal;

» Realizar todos os procedimentos odontológicos ministrados pelo dentista, para que o problema não agrave, provocando a obstrução do dente e a sua possível extração.

Como fortalecer os dentes contra cáries

As cáries correspondem a deterioração causada nos dentes devido ao mal hábito de vida do indivíduo em relação a higienização bucal e também por fatores hereditários, podendo elas se darem de forma coronária, recorrente ou radicular.

Desde muito tempo, essa alteração se faz como um dos principais tratamentos nos consultórios odontológicos. Com isso, várias pesquisas já foram realizadas (vem sendo até hoje) e muitos medicamentos foram criados para ajudar a diminuir a sua proliferação.

Vários fatores podem vir a ocasionar as cáries, mas o consumo de açúcares e amido, juntamente com a irregular e pouca escovação dos dentes, são os principais motivos do aparecimento dessa patologia. Apenas os dentistas podem confirmar se o dente está ou não cariado, pois essa alteração se dá abaixo da superfície dentária.

Dicas para fortalecer os dentes e evitar as cáries

Alimentos a serem consumidos

Dicas e métodos para prevenir o aparecimento das cáries.

As cáries correspondem a deterioração causada nos dentes devido o mal hábito de vida do indivíduo em relação a higienização bucal. (foto: divulgação)

» Morango;
» Espinafre;
» Queijo;
» Maçã;
» Salmão;
» Pepino;
» Leite;
» Pera;
» Brócolis;
» Castanha do Pará;
» Cenoura;
» Hortaliças;
» Ovo;
» Nozes;
» Frango;
» Água;
» Cebola;
» Uva passa.

Outros métodos

» Ingerir menores quantidades de carboidratos;
» Escovar o dente pelo menos três vezes por dia;
» Fazer o uso regular do fio dental;
» Optar por produtos de higienização bucal que contenham flúor;
» Aumentar a ingestão de cálcio;
» Realizar consultas regulares no dentista;
» Utilizar enxaguantes bucais após escovar os dentes antes de dormir;
» Escovar os dentes de forma correta por cerca de 5 minutos.