Desenvolva seu cérebro antes da prova com dicas simples

Tirar notas boas em qualquer tipo de avaliação educacional é extremamente importante, tanto para conseguir avançar níveis de aprendizagem quanto para alcançar objetivos, como passar em um vestibular ou concurso. Se você está participando de um desses processos ou das provas escolares, as descrições a seguir poderão auxiliar na conquista de bons resultados.

Nem todas as pessoas possuem o hábito de estudar, de pegar livros, cadernos, listas de exercícios, sentar regularmente e ler, responder, compreender interpretar. Boa parte dos estudantes acham essas atividades extremamente “chatas” e fazem apenas por obrigação.

Esse processo costuma ser um pouco cansativo, “sem graça”, mas a aprendizagem e a obtenção de conhecimento é algo maravilhoso, por isso, especialistas afirmam que um dos pontos iniciais necessários para potencializar o cérebro é gostar do que está fazendo.

A memorização de conteúdos só acontece quando o indivíduo está realmente interligado ao assunto e tem curiosidade em saber ainda mais sobre ele, caso contrário, o que foi analisado será decorado por pouco tempo, podendo ser esquecido em um curto prazo ou no famoso momento de nervosismo que bate aquele “branco”.

Desenvolva seu cérebro antes da prova com dicas simples

Garota fazendo leitura.
(Foto: Reprodução)

Outro ponto importante nesse processo é fazer com que o cérebro se concentre, já que essa característica é fundamental para que ele se aprimore e desenvolva ideais. Para facilitar essa dinamização, o Fiapo de Jaca irá citar truques logo abaixo. Aproveite as dicas e comece a colocá-las em prática o quanto antes!

⇒ 1. Faça um mix de métodos de estudos, com livros, aulas presenciais, em vídeos, grupos de estudos, palestras, etc. Assim será mais fácil se entreter e aprender ao mesmo tempo, sem deixar que a distração tome de conta.

⇒ 2. Conheça bem as suas manias, vícios e o funcionamento do seu cérebro. Assim poderá eliminar o que atrapalha e concretizar o que ajuda, estimula, revigora, dá energia.

⇒ 3. Leia devagar e releia novamente. Nada de passar as vistas nas frases como se estivesse com pressa, porque dessa maneira não conseguirá absorver nenhuma informação com precisão.

⇒ 4. Se estiver no colégio, faculdade ou cursinhos, faça suas próprias anotações, com explicações fáceis. Para ajudar a memorizar, sempre releia o que foi aprendido no dia assim que chegar em casa ou quando tiver um tempinho livre.

⇒ 5. Faça treinos aeróbicos ou yoga regularmente, porque ambos exercícios melhoram os sistemas cognitivos, além de aumentar a massa cinzenta e branca do cérebro.

⇒ 6. Escolha ambientes que estimulem o seu cérebro, com ou sem música ou outros demais aparelhos, objetos. Faça o seu tempo. Agregue aos estudos métodos de lazer, para driblar o pensamento, fazendo com que ele não pense que estudar é chato, mas sim prazeroso.

Estudar para vestibular de Direito: dicas para aprovação

Quando chega a época do vestibular, muitos alunos se desesperam em busca de bases de estudos para a provação em seus cursos desejados e, sem dúvidas, a graduação em Direito é um dos mais difíceis de passar, isso porque suas notas de aprovação são uma das mais altas em todas as instituições de ensino do país (tanto públicas quanto privadas).

Ser um bacharel em Direito é uma busca incessante de vários estudantes, isso porque mesmo com uma demanda grande de profissionais formados no mercado de trabalho, ele ainda necessita de profissionais qualificados na área, que podem ainda se especializarem em vários outros setores fora o da advocacia, como ser um delegado ou juiz, por exemplo. Isso faz com que a aprovação no vestibular seja ainda mais difícil, devido ao grande número de concorrentes por vaga.

Mesmo sendo um processo demorado, nada é impossível e, para que os seus estudos sejam ricos em informações, possibilitando mais chances de conseguir uma vaga na instituição que deseja, abaixo veremos algumas dicas que poderão te aproximar ainda mais do seu sonho.

Antes da prova

» Comece a organizar sua rotina de estudos entre 1 à 2 semestres antes da realização do vestibular, isso te ajudará a ter conhecimento suficiente para lidar bem com as questões da avaliação;

» Mantenha-se sempre atualizado em relação as notícias e assuntos que irão cair na prova;

Estudar para vestibular de Direito: dicas para aprovação

Dicas de estudo para vestibular.
(Foto: Divulgação)

» Faça um calendário semanal de como será a sua rotina de estudos. Foque primeiramente nos conteúdos que possui mais facilidade e depois nos demais;

» Imprima provas de vestibulares anteriores e tente respondê-los sem nenhuma fonte de pesquisa por cinco horas corridas, em um ambiente tranquilo e que ninguém possa atrapalhar. Isso irá testar tanto os seus conhecimentos quanto a sua resistência física em relação a demora da avaliação;

» Procure ambientes calmos e silenciosos para estudar;

» Estipule tempos de descanso e refeições entre os estudos, pois a memória não trabalha bem nem cansada e nem com fome;

» Quanto mais tempo de estudo, mais conteúdo será absorvido pela memória;

» Quando as provas se aproximarem, procure não se desesperar e revisar todo o conteúdo já estudado. Isso ajudará a refrescar sua memória;

» Estude o máximo que puder até uma semana antes da prova, depois desse período, mantenha a calma e realize atividades que gosta, para deixar a mente tranquila e o corpo mais relaxado;

» Um dia antes da prova, procure se alimentar, dormir bem, ouvir música, dançar, ver tv, fazer um passeio ao longo do dia ou qualquer outra atividade que te tranquilize. Aproveite ainda para separar sua documentação, caneta e alguns alimentos para o dia posterior;

» Quando o grande dia chegar, procure manter a calma e chegar com pelo menos uma hora de antecedência no local da prova.

Na hora da prova

» Sente-se na sua cadeira, se acomode e tente manter o foco em seus objetivos;

» Obedeça todas as normas descritas pela banca de avaliação, como desligar o aparelho celular;

» Quando as avaliações forem entregues, opte por começar a responder as matérias que possui mais facilidade, pulando sempre as que te deixarem em dúvida;

» Assim que terminar de fazer tudo o que sabia, volte para as questões que forem deixadas em branco e tente respondê-las. Se a prova não anular questões, chutar pode ser uma boa escolha nesse momento;

» Mantenha a atenção quando for passar as respostas para o gabarito para não marcar nenhuma alternativa errada;

» Sempre que o corpo começar a doer, que as informações sumirem ou ficar muito tenso, peça para o fiscal da sala te acompanhar até o banheiro. Jogue um pouco de água no rosto, beba um pouco de água, respire fundo e volte a responder suas questões.

Como treinar a memória para estudar

Ter uma boa memória nem sempre é tão fácil quanto pensamos, pois nem todos os indivíduos possuem essa habilidade, que se torna ainda mais inferior de acordo com os hábitos de vida que temos ao longo da vida e como exercitamos o nosso cérebro nesse período.

Quando estamos em época de estudo, que é necessário compreender informações e fazer com que elas fiquem guardadas em nosso cérebro para que sejam utilizadas posteriormente. Para melhorar as habilidades de captação de dados, muitas pessoas vem procurando táticas práticas para fazer com que a memória esteja sempre ativa e assimile bem tudo o que lhe é proposto.

Observação: lembre-se que, para ter uma boa memória durante toda a vida, é  necessário manter bons hábitos, em todas as idades, tanto em relação a atividade cerebral, quanto na alimentação, exercícios físicos, entre outros.

Instruções

» Mantenha a sua mente sempre ativa, aprendendo novos assuntos e atividades diferentes diariamente;

» Exercite o cérebro todos os dias para evitar as perdas gradativas da idade e melhorar as suas funções cognitivas. Alguns dos processos utilizados nesse caso são jogos (sudoku), caça palavras, leitura, exercícios de matemática, entre outros;

» Procure sempre esclarecer as suas dúvidas;

» Pense rápido, busque respostas em curtos espaços de tempo, assim conseguirá desenvolver um bom raciocínio lógico para resolver problemas, criar estratégias, etc;

Dicas para ter uma boa memória.

Cérebro ativo.
(Foto: Divulgação)

» Faça associações entre conceitos que você já sabe com os que conhecendo atualmente, isso fará com que fique mais fácil se lembrar de ambos assuntos;

» Desenvolva a sua memória diariamente, para que seus neurônios criem novas ações e esteja sempre em atividade;

» Saia do piloto automático e sempre que puder, mude um pouco a sua rotina;

» Estude sempre a semelhança de objetos e conceitos para saber como diferenciá-los em situações singulares que possam vir a surgir;

» Mantenha sempre uma boa concentração em todas as atividades diárias, isso fará com que seu cérebro assimile melhor e guarde com certeza as aprendizagens a qual ele foi proposto;

» Separe todos os dias um tempo apenas para estudar, descansar, se divertir, trabalhar, se exercitar, se alimentar, etc. Dessa maneira, você irá estar sempre ativo, conseguindo realizar todas as atividades sem agredir o organismo;

» Saia do sedentarismo e pratique exercícios físicos regularmente, isso ajudará muito a manter e melhorar o seu desempenho cerebral;

» Tenha uma alimentação saudável, procurando fazer refeições balanceadas a cada três horas, bebendo bastante água ao longo do dia – exceto enquanto come;

» Antes de estudar, prefira comer frutas, fibras, verduras, legumes e outros tipos de alimentos mais leves para que o seu corpo não fique “pesado”. Deixe de lado os alimentos que possuem altas taxas de gordura, açúcares, os industrializados e enlatados;

» Durma bem para que seu organismo consiga se regenerar e armazenar todas as informações que lhe foram propostas ao longo do dia;

» O consumo de alguns nutrientes ajudam a manter a saúde do cérebro bastante ativa, como ômega-3, vitamina B e antioxidantes.