Causas da falta de energia elétrica

O Brasil é considerado um dos maiores produtores e distribuidores de energia elétrica, porque possui em sua extensão algumas das maiores usinas hidrelétricas fornecedoras de energia como Itaipu Binacional, Belo Monte, Tucuruí I e II, dentre outras fontes energéticas de origem limpa e também as não-sustentáveis.

Mesmo contando com essa grande escala, possui uma demanda muito elevada de disponibilização desse recurso, com relevância nos centros urbanos, processo que vem ocasionando com frequência a falta de energia, ou seja, os desagradáveis apagões, que promovem prejuízos e desconfortos para toda a sociedade brasileira.

Causas da falta de energia elétrica

Lâmpada queimando.
(Foto: Reprodução)

As primeiras crises de Blecautes significativos na história do país, aconteceram no ano de 2001 e 2002, mas atualmente vem se tornando aparente novamente, tendo como as suas principais causas:

  • A falta ou o excesso de chuvas;
  • O pouco investimentos na geração e distribuição de energia;
  • Baixo nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas;
  • Falta de planejamento;
  • Queda, desregularem e problemas das redes elétricas, ocasionadas pelas tempestades, fortes ventos e acidentes;
  • Falta de acompanhamento governamental dos empreendimentos do setor;

A falta de energia ocasiona inúmeros problemas aos brasileiros, como a queima de aparelhos eletrodomésticos, eletrônicos e eletroeletrônicos, perda de alimentos que são conservados por congelamento e refrigeração, produtos do comércio estragados pelas mesmas razões, mal funcionamento de empresas e indústrias, entre outros detrimentos.

Soluções

Os procedimentos que vem sendo implantados para tentar solucionar os apagões são:

  • Inserção de modelos inteligentes de transmissão;
  • Diversificação das matrizes de energia;
  • Controle e redução de consumo energético;

Fontes e formas de energia renováveis

São classificadas como energias renováveis todas aquelas que são originadas de fontes naturais e que são inesgotáveis, isto é, que conseguem se regenerar e não acabam. Elas são descritas ainda como as formas de energia limpa encontradas na Terra, pois geralmente não costumam agredir o ecossistema e quando isso acontece, os impactos são muito pequenos.

A energia renovável proporciona diversas vantagens de uso, pois diminui em grande escala a poluição atmosférica e o aquecimento global, que são dois dos grandes problemas que o mundo vem tentando conter, sendo a utilização dessa forma de energia, um dos métodos para controlar esse transtorno alarmante.

Ao analisar a natureza, é possível visualizar várias formas de obtenção desse tipo de energia, que se classificam através das suas características, sendo as principais delas:

Biomassa

É obtida através da queima do bagaço de cana-de-açúcar, da casca de arroz, da palha de milho, entre demais outros resíduos agrícolas.

» Vantagens: aproveitamento dos vegetais que anteriormente eram descartados e a retirada do CO2 do ar.
» Desvantagens: a obtenção de energia só pode se dar em época de safra.

Fontes e formas de energia renováveis

Representação da Biomassa.
(Foto: Reprodução)

Energia Solar

Proveniente do sol, através de painéis fotovoltaicos que transformam a luz em energia.

» Vantagens: baixo impacto ao meio ambiente e de manutenção para os equipamentos.
» Desvantagens: altos custos com equipamentos e a obtenção de energia só acontecerá quando existir luz solar.

Fontes e formas de energia renováveis

Representação da Energia Solar.
(Foto: Reprodução)

Energia Eólica

Sua origem vem da movimentação dos cata ventos  através da força do vento.

» Vantagens: geração de poucos resíduos e baixo impacto ambiental.
» Desvantagens: deve haver sempre boa incidência dos ventos para a geração de energia, onde sua estrutura deve ser montada em locais amplos.

Fontes e formas de energia renováveis

Representação da Energia Eólica.
(Foto: Reprodução)

Energia Hidráulica

É obtida através da água que gira nas turbinas das usinas hidrelétricas espalhadas pelo mundo.

» Vantagens: baixa emissão de gases do efeito estufa e não proporciona nenhum tipo de poluição para a água;
» Desvantagens: deslocamento populacional, alto impacto ambiental para a construção das usinas e alagamentos.

Fontes e formas de energia renováveis

Representação da Energia Hidráulica.
(Foto: Reprodução)

Energia Geotérmica

É captada através do calor que existe no interior do planeta Terra.

» Vantagens: ausência de ruídos externos, baixa emissão de gases do efeito estufa, pouca produção de resíduos e ocupa pequeno espaço para sua produção.
» Desvantagem: elevado custo dos equipamentos utilizados para a sua obtenção.

Fontes e formas de energia renováveis

Representação da Energia Geotérmica.
(Foto: Reprodução)

Considerações finais

Existem ainda outros tipos de energias renováveis na natureza, mas ainda não são tão utilizadas como as descritas acima, sendo elas:

» Biocombustíveis: etanol e biodiesel;
» Energia maremotriz: obtida através da movimentação das ondas;
» Energia do hidrogênio: combinação do oxigênio com o hidrogênio;
» Biogás: retirada com grande frequência de aterros de lixo orgânico.