Processo explicativo para efetuação da inscrição do Enem

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma prova que o MEC (Ministério da Educação) utiliza para medir a qualidade do ensino médio no país, tanto em escolas públicas, como particulares.

A nota do exame também pode ser utilizada pelos candidatos para o ingresso em instituições de ensino superior por meio do Prouni (Programa Universidade para Todos), SiSU (Sistema de Seleção Unificado) ou FIES (Fundo de Financiamento Estudantil).

Nesta segunda-feira as inscrições para o exame foram abertas, se estendem até o dia 26 de junho e podem ser pagas até as 21: 59 (horário de Brasília) do dia 10 de junho.

Isenção e taxa de inscrição

Para solicitar a isenção, o candidato deve preencher um formulário declarando carência de acordo com os termos que o edital dispõe. Alunos que estão cursando o Ensino Médio em escolas da rede pública também não precisam pagar a taxa de inscrição.

As inscrições para o Enem já estão abertas.

Enem.
(Foto: Reprodução)

O processo seletivo no ano de 2014 teve muitas abstenções, cerca de 30% dos candidatos não compareceram ao exame e 1.519 foram eliminados. Com o objetivo de evitar ou pelo menos diminuir esses números, o valor da taxa de inscrição aumentou para R$ 63,00.

Realizando a inscrição

As inscrições são feitas estritamente pela internet no Portal do Enem. É recomendável que o candidato leia com bastante atenção todos os itens do edital e preencha todos os campos necessários de forma adequada, uma vez que cada um se responsabiliza por todas as informações que são prestadas.

Dados cadastrais

Procure manter os dados de contato sempre atualizados, como o e-mail e telefone, pois o Inep pode estar enviando informações importantes sobre o exame, e em casos que o candidato esquece a senha ela só pode ser recuperada por estes dois canais informados durante o ato da inscrição.

Alterações nos dados cadastrais, como a troca de língua estrangeira ou cidade de prova só podem ser realizadas durante o período de inscrição, após isso todas as informações não poderão ser modificadas.

Cartão de confirmação

Após o pagamento da taxa de inscrição e homologação das inscrições é possível ter acesso ao cartão de confirmação para impressão. Neste documento que estão contidas informações como o número da inscrição, data, hora e local de realização das provas, indicação de atendimento especializado, opção de língua estrangeira e solicitação de certificação, se for o caso.

As provas

O exame é composto por quatro provas objetivas e uma redação, são elas: Ciências humanas e suas tecnologias, Ciências da natureza e suas tecnologias, Linguagens, Códigos e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias e Redação com um tema que só é revelado no momento de realização das prova.

As provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro de 2015, os portões abrem às 12:00 e fecham às 13:00, horário de Brasília. É preciso levar um documento oficial com foto e caneta azul ou preta esferográfica de material transparente.

Como alterar o cadastro do Enem

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), é uma das principais avaliações anuais para estudantes de todo o país, isso porque proporciona inúmeras vagas para diversos cursos em universidades públicas federais todos os anos. Esse projeto funciona através do MEC, Enem e SISU.

Para participar da realização das provas e concorrer as vagas desse sistema, se faz necessário que cada candidato realize sua inscrição no site no INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Caso existam informações incorretas no cadastro, durante o acompanhamento da inscrição, alguns deles poderão ser modificados, como:

Passo a passo para alteração de dados Enem

Computador na grama.
(Foto: Reprodução)

» Data de nascimento;
» Dados pessoais;
» Endereço;
» Telefone;
» E-mail;
» Local de realização da prova;
» Opção de prova de língua estrangeira;
» Portador de deficiência;
» Necessidade de atendimento específico;
» Opção de certificação de Ensino Médio.

Observação: O CPF, o ano de conclusão do ensino médio, escola, dados socioeconômicos e série atual são descrições que não poderão ser modificadas. É importante ficar atento no preenchimento de cada campo e conferir tudo antes de confirmar ou alterar os dados, pois o sistema poderá não disponibilizar as informações corretas para a banca, impedindo a realização da avaliação do estudante.

 Alteração de dados passo a passo

» 1° passo: Clique neste LINK;

» 2° passo: Na área direita da página, terá uma guia escrita “Acompanhe sua inscrição” em amarelo, clique nela;

» 3° passo: Informe os dados solicitados corretamente (CPF, senha e código imagem de segurança) e clique em entrar;

» 4° passo: Acesse o comando “Alterar dados” ou “Alterar local de prova”;

» 5° passo: Modifique os dados que deseja e confirme-os posteriormente. Assim a alteração será realizada com sucesso;

Como ser aprovado em Medicina pelo Enem

Atualmente, a principal avaliação voltada para vestibulares é o Enem, que dispõe vagas em instituições de ensino superior públicas e privadas. Processo realizado anualmente no último trimestre de cada ano, possibilitando oportunidades em diversos cursos de graduação e técnicos.

Um dos cursos mais disputados em todo o país por essa modalidade é Medicina. As grandes dificuldades em conseguir uma vaga nessa área se dão pelo número demasiado de pessoas que participam desse processo e as notas altas estipuladas para aprovação, que são as mais elevadas em todas as faculdades.

Por causa desses e outros demais fatores, alguns alunos que já passaram em vários vestibulares e professores renomados, criaram algumas dicas de estudos que podem ajudar você a conquistar sua vaga, veja algumas delas abaixo e procure se empenhar sempre em busca do seu sucesso profissional:

» Mantenha sempre o foco em seus objetivos e comece a estudar o quanto antes;

» Pratique hábitos de leitura, pois o ajudarão a compreender melhor todos os conceitos que estiverem descritos nas provas, ajudando ainda na memorização quando estiver estudando;

Dicas para ser aprovado em Medicina pelo Enem

Dicas para ser aprovado no Enem.
(Foto: Divulgação)

» Abandone consideravelmente por algum tempo as saídas com amigos, redes sociais, jogos e outros demais fatores que possam tirar o seu foco dos estudos;

» Faça dos estudos um hábito e não uma obrigação;

» Escolha um ambiente calmo, tranquilo e silencioso para estudar. Bibliotecas se fazem como grandes estímulos;

» Monte sua agenda de estudos, intercalada com momentos de descanso, de lazer e para se alimentar;

» Procure prestar bastante atenção nos estudos e revise sempre os conteúdos;

» Se você tem muito tempo para estudar, foque inicialmente nos conteúdos que possui dificuldade, para que consiga tirar suas dúvidas e responder as questões destinadas a eles;

» Esteja sempre ligado nos assuntos que acontecem no Brasil e no mundo, pois o Enem costuma cobrar tanto o conhecimento teórico quanto prático em suas provas, principalmente nas redações;

» Procure  ficar sempre estimulado, visualizando personagens que você admira, conversando com profissionais da área, para que tenha mais vontade em aprender e menos preguiça quando for estudar;

» Estude com foco e dedicação todos os dias da semana e na última semana da prova chegar, procure relaxar para deixar a mente tranquila;

» Lembre-se de separar toda a documentação e objetos solicitados para a realização da prova um dia antes, deixando separado em um lugar visível para não esquecer;

» Chegue com uma hora de antecedência no local em que realizará a avaliação, assim irá se familiarizar com o ambiente e ficar mais tranquilo;

» Mantenha a calma enquanto estiver respondendo as questões, isso ajudará com que a mente funcione melhor e não dê aquele branco;

» Primeiramente, responsa as matérias que possui facilidade, pulando as demais. Volte nelas apenas quando fizer tudo o que sabe;

» Caso o nervosismo apareça, peça ao fiscal da sala para ir ao banheiro, lave bem o rosto, beba água, controle as emoções e foque na sua aprovação!

Matérias mais cobradas no Enem

O Enem corresponde a uma das provas anuais mais importantes para estudantes de todo o país, isso porque disponibiliza notas capazes de fornecer o ingresso dos seus participantes em redes públicas de ensino superior e bolsas parciais ou integrais na mesma área, em  instituições privadas.

A maioria dos estudantes que nunca participaram das provas do Enem, possuem muitas dúvidas em relação as matérias cobrados e os assuntos mais abordados dentro delas e é essa informação que veremos abaixo:

Matemática

» Cálculo simples;
» Interpretação;
» Estatística;
» função;
» Gráficos;
» Probabilidade;
» Geometria Analítica;

Português

» Gramática;
» Interpretação de texto;
» Modernismo;
» Variação linguística;
» Outros tipos de interpretação;

Geografia

» Aspectos Socioeconômicos;
» Desenvolvimento e Subdesenvolvimento;
» Crises financeiras atuais;
» Geopolítica;
» Impactos Ambientais;
» Agricultura e urbanismo;

História

» Escravidão e Militarismo no Brasil;
» Guerra Fria e Liberalismo;
» Nelson Mandela;
» Golpe Militar de 64;
» Revolução Industrial;
» Idade Média;
» Segunda Guerra Mundial;
» Era Vargas;
» Brasil Colônia e República;

Humanidades

» Sociologia;
» Filosofia;
» Tecnologia da informação;
» Cidadania;
» Movimentos sociais;
» Democracia;
» Direitos Humanos;
» Antropologia;
» Questão indígena;

Química

» Química Orgânica e Inorgânica;
» Transformações Químicas;
» Equilíbrio Químico;
» Cálculo Estequiométrico;
» Química Ambiental

Biologia

» Genética;
» Ecologia;
» Evolução;
» Fisiologia e Corpo Humano;
» Meio Ambiente;
» Energia;
» Água;

Física

» Eletricidade e Mecânica;
» Leis da Termodinâmica;
» Energia;
» Óptica;
» Termologia e Calorimetria;
» As Leis de Newton;
» Trabalho, energia e potência;
» Hidrostática;
» Notação científica;
» Cinemática;
» Ondulatória;

Temas de Redação

» Jovens Infratores;
» Bullying;
» Processo de desculturalização;
» Esporte como fator de inclusão social;
» Manifestações;
» Questões Ambientais;
» Analfabetismo no Brasil;
» Desigualdade entre homens e mulheres;
» Os efeitos da Lei Maria da Penha;
» Os desafios da saúde pública brasileira;
» Grandes eventos esportivos no Brasil;
» Liberação da Maconha;
» Redução da maioridade penal;
» Água e sustentabilidade;
» DST’s entre os adolescentes;
» O caos da mobilidade urbana;

Atualidades

Matérias mais cobradas no Enem

(Foto: Reprodução)

» Rolezinhos e manifestações jovens;
» Primavera Árabe;
» Papa Francisco;
» Copa do Mundo;
» Críticas a Polícia Militar;
» Grupo Femen;
» Espionagem Americana: Caso Snowden;
» Manifestações feministas.

Dicas

Para fazer a sua inscrição, imprimir o boleto de pagamento, acompanhar o andamento da avaliação e conferir dicas sobre o Enem, clique AQUI!

Conteúdo programático Enem

Conteúdo programático – Enem 2014

Desde que o Enem começou a ser aplicado no Brasil, vem tomando rumos diferentes nas especializações de uma prova para outra. Antigamente, como sabíamos, ele era formado com apenas 63 perguntas objetivas e a redação final. Agora o sistema mudou.

Com o tempo, houve a inserção da língua estrangeira e outros detalhes nas disciplinas, seu conteúdo programático se transformou extremamente em cerca de apenas 16 anos de história. A roupagem hoje, nos comporta um “provão” bem diferente.

O novo formato agrega 180 questões, com limite de dois dias de prova para resolução. O agrupamento ocorreu e então foram divididas em 4 áreas ( disciplinas), sendo essas:

Estudar todo o conteúdo expresso para o Enem é indispensável se há interesse em passar.

Estudar para o Enem (Foto: Reprodução)

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

Além da redação, o candidato terá de responder duas disciplinas agrupadas em um dia, elas terão 45 questões cada uma. Para saber exatamente qual o conteúdo programático, clique AQUI. Contudo, a base natural está envolvendo Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio.

Todas as áreas possuem especificações. De modo geral, você estará defronte ao seu Ensino Médio por completo, tendo a visão geral do mesmo para estar apto a cursar uma universidade. Há quem o utilize para garantir o diploma de Ensino Médio Completo.

Os estudantes que farão o mesmo terão cerca de 4 horas e 30 minutos para finalização no primeiro dia. Respondendo, obviamente, 90 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Já no segundo dia, o tempo é maior.

O interessado terá 5 horas e 30 minutos para a realização de duas áreas, sendo essas  Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias e a Redação. Uma boa dica é comprar a Apostila do Enem. Estude muito, essa é a melhor dica para quem deseja arrasar nas provas em 2014!