Como medir a porcentagem de gordura e potencializar a dieta?

O assunto do momento em várias partes do mundo, principalmente no Brasil são os métodos fitness que estão sendo criados e remodelados para atender as necessidades impostas, tanto para as pessoas que desejam perder peso quanto para as que querem melhorias de vida, aumentar e/ou definir a massa magra corporal.

Emagrecer com certeza é o foco primordial nesse meio, porém nem todos os indivíduos que buscam seus resultados vem promovendo as atitudes corretas para que suas metas sejam alcançadas com saúde. Se preocupar só com a estética pode trazer prejuízos super danosos para o bem-estar, desenvolvimento e manutenção do físico.

Especialistas revelam que os indivíduos inseridos nesse processo se focam constantemente no peso e deixam as demais particularidades relevantes fora do processo de emagrecimento, como o percentual de gordura corporal – que geralmente se encontram em níveis superiores e promovem sérios riscos para o desempenho do sistema imunológico.

Ficou interessado sobre o assunto? Então preste atenção nas descrições a seguir!

Como medir a porcentagem de gordura?

Esse questionamento é um dos primeiros a surgir quando o assunto gordura é mencionado. Existem vários métodos que podem dinamizar essa medição, mas os mais apropriados no momento são a bioimpedância elétrica (bipolar e tetrapolar) e as dobras cutâneas

A realização dessa verificação deve ser efetuada por profissionais que estejam de alguma maneira interligados ao assunto, como nutricionistas, treinadores esportivos, profissionais de Educação Física, professores de artes marciais, etc.

Esses técnicos possuem conhecimentos específicos sobre o assunto e por isso são recomendados para executar essa medição, porque se ela for efetivada de maneira errada, o treino e o modelo alimentar também serão, características que podem ocasionar prejuízos em pouco tempo, como a queda da imunidade devido a falta de nutrientes ou ganho de massa gorda, por exemplo.

É relevante destacar que todas as avaliações deverão ser articuladas em observação à três pilares: objetividade, reprodutibilidade e fidedignidade.

Valores de referência

Como medir a porcentagem de gordura e potencializar a dieta?

Valores de referência para mulheres.

Como medir a porcentagem de gordura e potencializar a dieta?

Valores de referência para homens.

Atenção!

Muitas pessoas começam a treinar regularmente e com o tempo deixam de ver resultados em peso, mesmo quando estão fazendo todos os exercícios e dieta disciplinadamente. O que na maioria das vezes acontece é a substituição de massa gorda por massa magra, característica que não pode ser vista na balança, mas nas medições de circunferência e em todas as avaliações.

Observação: Se os resultados não estiverem aparecendo nas avaliações, converse com o seu treinador e nutricionista, para que mudanças positivas sejam associadas aos treinos e a alimentação.

Quais os benefícios dos alimentos probióticos?

A alimentação é responsável por proporcionar benefícios e malefícios ao organismo humano dependendo da maneira como os produtos são preparados, consumidos, suas quantidades em relação as porções e refeições dinamizadas por dia, entre outros fatores.

Associar um esquema básico dessa modalidade de acordo com as características específicas de cada metabolismo é essencial para que os efeitos negativos sejam diminuídos. Portanto, é relevante que toda a sociedade tenha em mente que comer vai muito além de apenas satisfazer a necessidade de consumo momentânea.

Especialistas na área nutricional vem relatando constantemente alguns grupos de produtos que proporcionam vantagens excepcionais para a estrutura corporal, como os probióticos. Essa classe está associada aos alimentos que possuem micro-organismos vivos em suas composições, elementos que estimulam o funcionamento saudável do corpo, como as bifidobactérias, os lactobacilos e os streptococcus.

A atuação dessas e outras demais bactérias são extremamente relevantes. O organismo possui milhares de parasitas que potencializam o seu funcionamento e organização, o que por consequência faz com que o consumo desses componentes favoreçam a microflora intestinal e outros recursos.

Quais os benefícios dos alimentos probióticos?

Iogurte, um dos alimentos mais ricos em probióticos.
(Foto: Reprodução)

Dentre os alimentos probióticos mais comuns, podemos citar:

» Iogurtes;
» Kefir;
» Queijo;
» Coalhada;
» Creme de leite;
» Laticínios fermentados;
» Vegetais fermentados (kim chi e sauerkraut);
» Produtos fermentados de soja (miso e tempeh).

Esses produtos podem ser encontrados nos supermercados e em diversas lojas de produtos naturais em variadas marcas, embalagens, quantidades, preços, etc.

Benefícios

» Melhora no processo da digestão;
» Eleva a absorção dos nutrientes;
» Auxilia na perda de peso;
» Diminui o inchaço corporal;
» Ajuda a tratar as infecções;
» Controla os sintomas da depressão, das gastrites e úlceras;
» Eleva a energia física, aumentando o potencial do metabolismo;
» Diminui a proliferação dos micro-organismos nocivos no intestino;
» Aumenta a produção de células de defesa do organismo, como os macrófagos;
» Previne problemas intestinais, como a prisão de ventre, diarreia, colite, diverticulite, etc.

Recomendação

Antes de modificar toda a alimentação para que ela se torne mais balanceada e saudável, procure o auxílio de um nutricionista, para que os níveis de consumo, quantidades de refeições diárias e outros demais tópicos sejam associados de acordo com a potencialidade de cada metabolismo. Esse processo é individual, por isso é importante que modelos de dietas de conhecidos não sejam seguidos.

Como sonhar com o futuro namorado

Existe um velho ditado popular que diz: “Ninguém consegue ser feliz sozinho” e essa é uma das afirmações mais verídicas que existem no mundo, porque todas as pessoas necessitam umas das outras para viver e compartilhar momentos, aprender lições em meio as situações difíceis, proporcionar apoio e serem felizes.

A alegria e o amor devem ser sentidos por cada indivíduo para que depois esses e outros demais sentimentos sejam doados ao próximo. Pode parecer “besteira”, mas quando se tem alguém do lado para dar carinho e afeto, o mundo parece ter mais cor, é mais intenso e motivador.

A maioria das mulheres desejam ter um namorado, constituir família e ser “felizes para sempre”. Mesmo sendo uma ilustração de conto de fadas, esses acontecimentos também se fazem presentes no mundo real. Acreditar em seus desejos e ir em busca deles é a maneira mais fácil de fazer com que eles ocorram.

Como sonhar com o futuro namorado

Mulher apaixonada.
(Foto: Reprodução)

Ficar na esperança em alguns momentos se torna algo desmotivador e se você se encontra nessa situação, saiba que existem algumas simpatias que podem te ajudar a revigorar seus pensamentos, deixando-os positivos e abertos para a chegada do seu grande amor. Veja:

Simpatias para sonhar com o futuro namorado

As simpatias são manipuladas para proporcionar estímulos e fazer com que os desejos e as necessidades mais destacadas pelos seres humanos aconteçam. A fé e a persistência são os dois fatores principais que regem esse conceito e é importante que eles sejam desempenhados com sucesso.

Para ter sonhos com o futuro namorado, basta seguir os seguintes passos:

Em uma noite de lua crescente, pare e olhe bem para esse corpo primário e diga: “Crescente, belo e risonho, faz-me ver, num lindo sonho, aquele que terei como namorado ou esposo e como rei”. Repita essa simpatia por três noites seguidas e a sua vontade de ver o seu amor será merecedora.

Significado

Se você não fez nenhuma simpatia e sonhou com um romance futuro, é relevante ficar atenta para não deixar as oportunidades escaparem, porque um bom companheiro poderá surgir quando menos esperar. Deixe os medos e as inseguranças para trás e não deixe-o escapar.

Dica

Mesmo se tratando de um grande anseio pessoal, é relevante que o seu interior comece a aproveitar o presente em que vive ao invés de ficar focalizando o futuro, porque entre esses períodos de tempo muitas coisas podem acontecer e pela a falta de atenção poderá ocasionar a perda de boas oportunidades.

Como fazer uma reunião religiosa em sua casa

As reuniões religiosas estão se tornando cada vez mais comuns no Brasil e no mundo, onde grupos de várias faixas etárias, gêneros, diferentes etnias e culturas se reúnem em prol de exaltar a Palavra de Deus, seus mandamentos e diretrizes de fé.

Os encontros acontecem semanalmente na casa de um dos fiéis, escolha dinamizada geralmente através de sorteios. Toda a estrutura montada articula promoções diversas para estudos bíblicos, orações, sacramentos e dinâmicas com temas relacionados a diversos assuntos.

Independente de dogmas ou crenças, o objetivo desses agrupamentos é analisar a realidade em sua complexidade, assim como os processos de união dos componentes em torno das crenças que possuem e acreditam, promovendo a comunhão com Deus.

Como fazer uma reunião religiosa em sua casa

“Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz.”(Tiago 5:16)
(Foto: Reprodução)

Professar a fé em prol da paz e da salvação é a temática principal das ações e ensinamentos trabalhados nessas congregações. Se você se interessou pelo assunto e quer organizar uma belíssima reunião, siga as dicas a seguir!

Converse com os companheiros da igreja sobre a ideia, como grupos de jovens, idosos, solteiros, casais, etc. Assim serás mais fácil captar pessoas para comparecer aos encontros;

Monte um esquema organizacional contendo todas as atividades que serão ministradas nas reuniões, como leitura da palavra, cânticos, exercícios dinâmicos que trabalhem a fé de cada um, etc;

Crie propostas de campanhas para ajudar o próximo, a igreja, a comunidade e fazer total diferença em todos os encontros sociais da região, para assim conseguir alcançar ainda mais os filhos do Senhor;

Peça dicas para os membros palestrantes da igreja para separar os primeiros tópicos de leitura da Bíblia, estratégias para conseguir proporcionar uma boa oratória com argumentações que sejam simples, mas que toquem os corações dos fiéis;

Faça o levantamento dos custos que cada reunião terá – em relação aos lanches, brincadeiras, entrega de folhetos, etc;

Quando o grupo estiver formado, selecione líderes, escolhendo os que possuem mais facilidade em articular todos os pontos citados acima. Dessa maneira as tarefas não serão difíceis de serem promovidas, sejam elas dentro ou fora dos agrupamentos.

O mais importante em toda essa contextualização é que todos estejam entregues ao Senhor, aos ensinamentos que Ele deixou para todos nós, promovendo ao próximo o amor, a bondade, a fraternidade e a gratidão que Ele dedicou e dedica a cada um dos seus filhos e ao mundo.

Dores nas costas: dicas para evitar esse transtorno

Um dos incômodos mais destacados pelos seres humanos nos últimos anos são as dores nas costas, desconforto que varia de frequência e intensidade e que pode ser promovido pela junção de diversas particularidades internas e/ou externas.

A originalidade das dores podem partir de distintos pontos da coluna, como das vértebras, músculos, nervos, podendo ainda irradiar para os órgãos próximos (como rins e ovários), aumentando os lapsos de sofrimento e prejudicando consideravelmente o bem-estar dos acometidos.

Mesmo sendo considerado como algo comum nos adultos, é relevante destacar que a ajuda médica deve ser procurada assim que os sintomas surgirem e que sua manifestação também pode afetar os demais públicos, independente da faixa etária ou gênero.

Causas

Existem vários fatores que podem causar ou auxiliar a propiciar as dores nas costas, como:

Dores nas costas: dicas para evitar esse transtorno

Criança também sentem dores nas costas. Fique atento!
(Foto: Reprodução)

» Estresse;
» Má postura;
» Sedentarismo;
» Quedas;
» Hérnia de disco;
» Alterações na coluna;
» Artrose;
» Lombalgia;
» Ciática;
» Artrite reumatoide;
» Fibromialgia ou polimialgia;
» Infecções dos ossos da coluna vertebral.

Quadros de apendicite, pedra na vesícula, cálculo renal, infecções de bexiga, torção testicular, endometriose, cisto ovariano e cânceres nos órgãos reprodutores podem promover a intensificação das dores e suas radiações para outras regiões do corpo.

Sintomas

As dores se apresentam em forma de peso e costumam estar acompanhadas de falta de ar, cansaço, dores de cabeça e inflexibilidade.

O que fazer?

Ao invés de “deixar para lá” todos os desconfortos como muitos indivíduos fazem, o recomendável é que a ajuda médica seja procurada, principalmente se as dores durarem mais de três meses, surgirem durante a noite, ocorrerem após traumas na região, se manifestarem em crianças e idosos ou forem acompanhadas de perda de peso, febre, alterações de forças e sensibilidade.

Tratamento e prevenção

Após um diagnóstico preciso do quadro, o médico ditará quais os procedimentos necessários para promover a contenção dos sintomas e as desarmonias do corpo. As técnicas manipuladas para o tratamento variam bastante para cada paciente, mas a de prevenção (que também auxiliam no tratamento) podem ser realizadas por todos. Veja-as a seguir:

» Melhorar a postura;
» Evitar quedas;
» Manter o peso equilibrado;
» Promover uma alimentação balanceada diariamente;
» Praticar exercícios físicos de forma regular;
» Fortalecer as costas e melhorar a flexibilidade;
» Ter cuidado ao executar exercícios com cargas para não lesionar o corpo;
» Procurar realizar movimentos básicos da maneira correta e devagar, como sentar, deitar, levantar, agachar;
» Evitar ficar em pé, sentado ou deitado por longos períodos de tempo;
» Diminuir o tamanho dos saltos;
» Realizar alongamentos de manhã, à tarde e à noite para relaxar a musculatura;
» Manter hábitos saudáveis diminuindo o consumo de bebidas alcoólicas, guloseimas, frituras, industrializados, gaseificados e parando de fumar.

Aviso!

As descrições deste artigo servem apenas para pesquisas. Para mais informações, busque auxílio médico!