Comer mamão pela manhã emagrece?

Muitas informações são disponibilizadas pela mídia em relação a assuntos ligados a perda de peso, sendo um dos mais atuais o emagrecimento fornecido pela ingestão de mamão pela manhã. Mas será que esse relato é mesmo verdade ou mais um mito imposto pelo comércio?

De acordo com as observações de profissionais da área da saúde, essa constatação é verídica, desde que o consumo dessa fruta seja ministrado nas quantidades corretas. As principais razões da promoção do emagrecimento estão em suas propriedades, que possuem compostos diuréticos, fibrosos e pouquíssimas calorias.

Ao analisar sua tabela nutricional, podemos constatar que 100 gramas de mamão contém 39 calorias, 0,61 gramas de proteínas, 1,8 gramas de fibras, 9,8 gramas de carboidratos e apenas 0,14 gramas de gordura. É importante salientar que sua composição também é cheia de água, o que viabiliza uma maior hidratação da estrutura corporal.

Comer mamão pela manhã emagrece?

Mamão.
(Foto: Reprodução)

Essas substâncias são super nutritivas e promovem vantagens ao organismo, como:

» Queima de gordura;
» Diminuição do inchaço abdominal;
» Melhora da flora intestinal;
» Ajuda na digestão;
» Controle da diabetes;
» Alívio nos sintomas da gastrite;
» Protege o sistema cardiovascular;
» Auxilia no tratamento de disfunções da pele;
» Diminuem o risco de infecções e dores estomacais;
» Previne o câncer de cólon e cervical.

Como comer o mamão?

Optar pela ingestão natural e fresca dessa fruta é a maneira mais saudável de consumo. É essencial que a quantidade manipulada diariamente não ultrapasse meia unidade (no caso do mamão papaya) ou uma fatia média. Exceder essa massa pode provocar complicações ao corpo, como a desidratação e a diarreia.

As receitas de salada de fruta, vitamina e outras promoções saudáveis que levam mamão também são indicadas. Cuidado com a adição de mel, açúcar e granola, esses componentes são mais calóricos e podem atrapalhar os efeitos da fruta.

Observação!

Comer apenas essa fruta no café ou lanche da manhã não fará com que você perca peso, apenas auxiliará. Para ajudar nisso é necessário manter excelentes hábitos alimentares, praticar exercícios físicos regularmente e não fazer a ingestão drogas (tanto as lícitas, quanto as ilícitas).

Cachorro pode comer chocolate

Por vezes, temos a mania de estar comendo algo e dar um pouquinho para os nossos cães, que nos olham com aquela irresistível carinha de pidão, mas esse processo muitas vezes se faz perigoso para esses animais dependendo do alimento que é ministrado para o seu consumo, mesmo que seja em pouca quantidade, como o chocolate.

 Esse produto possui elementos nocivos a saúde dos cães, como a teobromina, substância que faz um grande estrago no sistema nervoso desses animais, como reações alérgicas, taquicardia, arritmia, aumento da pressão arterial, tremores e convulsões. Além disso, dependendo da quantidade que se faz ministrada, o cão pode vir a óbito, em alguns casos.

Cachorro pode comer chocolate

Cachorro.
(Foto: Reprodução)

Devido as grandes taxas de açúcares presente nessa deliciosa sobremesa, as cáries e problemas dentários também podem acometer o animal, provocando grandes desconfortos, como as dores de dente.

Outros demais alimentos que não são indicados para a alimentação canina são:

Abacate: possui uma substância tóxica chamada persina, que pode ocasionar desarranjo gastro-intestinal.

Alho: pois pode causar anemias, falência renal, além da destruição das células vermelhas e a perda da hemoglobina.

Bebidas alcoólicas: porque provocam sérios malefícios para o cão, como a depressão, excitação, frequência urinária, ataque cardíaco, respiração lenta e ofegante, podendo ocasionar até mesmo a sua morte.

Café: devido a presença de chantinas em sua composição, pois é um estimulante cardíaco e ainda causa significativos danos ao sistema urinário e nervoso do animal.

Cebola: porque possuem tiosulfato, elemento que propicia o desenvolvimento de anemias.

Comidas gordurosas: causa problemas gastrointestinais, como a pancreatite.

Noz macadâmia: em sua composição, possui uma substância desconhecida, que provoca sérios transtornos a musculatura, sistema digestivo e nervoso dos cães.

Uvas e uvas passas: porque ocasionam insuficiência renal aguda.