Panqueca de chocolate sem carboidratos

O mundo fitness é bastante popularizado na atualidade, isso porque muitas pessoas estão começando a aderir novos hábitos de vida em prol de conquistar uma relevante melhora na saúde do organismo e modificações estéticas, como perda, equilíbrio ou ganho de peso, crescimento e definição muscular, etc.

Uma das particularidades a serem trabalhadas diariamente para que esses benefícios aconteçam é a alimentação, isso porque é ela quem dita as quantidades de calorias que ingerimos por dia, assim como os variados nutrientes que as compõem. Por causa desta razão, receitas tradicionais vem ganhando substituições de ingredientes para que fiquem mais leves.

Dentre inúmeros pratos, o escolhido da vez para ser abordado neste artigo foi a panqueca, que será composta por produtos saudáveis, nutritivos e o mais incrível: com chocolate e sem carboidratos! Confira a seguir!

Panqueca de chocolate sem carboidratos

Receita de panqueca de chocolate sem carboidratos

Panqueca de chocolate.
(Créditos da foto: http://www.radioolindaam.com.br/)

Ingredientes

Massa

  • 1 ovo (com gema e clara)
  • 3 gemas (batidas/em neve)
  • Azeite
  • Frigideira limpa e bem sequinha (de preferência antiaderente)

Recheio

  • 1/2 barra de chocolate amargo ou meio amargo

Modo de preparo

Massa

passo: Nas gemas já em neve, adicione o ovo inteiro, mexendo bem com o auxílio de um garfo.

passo: Coloque a frigideira para esquentar.

• 3° passo: Adicione um fio de azeite e um pouco da massa.

passo: Deixe que ela doure dos dois lados e as reserve em um recipiente.

Observação: Tenha cuidado na hora de virar a massa porque ela fica mais maleável que a tradicional.

Recheio

passo: Derreta o chocolate em banho maria ou no forno microondas e reserve.

Montagem

Passe o chocolate em uma das superfícies da panqueca e enrole. Elas podem ser consumidas quentes, mornas ou frias, de qualquer jeito ficam uma delícia!

Dica: No lugar do chocolate pode ser adicionado mel, que também deixa muito saboroso. Cuidado para não se exceder nas quantidades dos doces.

Bom apetite!

Como fazer sorvete de chocolate caseiro

As sobremesas podem ser servidas após o ministramento das refeições salgadas ou ser o prato principal de lanches e degustações. Sua variedade se manifesta com a combinação de vários ingredientes e modos de preparo, que proporcionam sabores indescritíveis ao paladar dos seus consumidores.

Uma das particularidades que obtém destaque no ramo das guloseimas é o sorvete de chocolate, que combina duas das sobremesas mais gostosas e tradicionais do mundo. Sua preparação pode se dar de maneira industrial ou de forma caseira e, ao contrário do que muitos pensam, produzir essa gostosura em casa não dá tanto trabalho quanto pensamos.

Observação: Os custos desse preparo se distinguem de acordo com os ingredientes escolhidos pela pessoa que vai preparar a receita, assim como a marca dos produtos e a quantidade em que eles serão usados, variando assim o seu rendimento.

Receita caseira de sorvete de chocolate

Receita de sorvete de chocolate caseiro

Sorvete de chocolate com bolo.
(Foto: Reprodução)

Ingredientes

  • 1 lata ou caixinha de leite condensado
  • 1 lata ou caixinha de creme de leite (sem soro)
  • 5 colheres de sopa de açúcar
  • 3 claras de ovo (em neve)
  • 3 gemas
  • 2 colheres de sopa de maisena
  • 5 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 300 gramas de raspas chocolate (tradicional, meio amargo ou amargo)
  • Pedacinhos de chocolate

Modo de preparo

» 1° passo: Pegue o liquidificador e adicione o leite condensado, leite, chocolate em pó, a maisena e as gemas do ovo. Bata tudo até os ingredientes se misturarem completamente;

» 2° passo: Despeje o conteúdo em uma panela, ligue em fogo médio e mexa bem até cozinhar;

» 3° passo: Quando chegar no ponto que deseja (prestando atenção para não queimar), desligue o fogo e continue mexendo até a mistura esfriar, para que ela não empelote. Reserve;

» 4° passo: Bata o açúcar e a clara em neve. Posteriormente, adicione o creme de leite e deixe bater bem;

» 5° passo: Coloque esse creme junto com o de chocolate que está reservado, adicione os pedacinhos e as raspas de chocolate, mexa bem e leve o conteúdo para o congelador;

» 6° passo: Para que a cremosidade do sorvete seja ainda maior, procure mexer de hora em hora a mistura colocada no congelador, até chegar ao ponto que deseja.

Dica

Um excelente acompanhamento para o sorvete de chocolate é um pedaço morno de bolo. Acredite, fica uma delícia, vale a pena experimentar!

Cachorro pode comer chocolate

Por vezes, temos a mania de estar comendo algo e dar um pouquinho para os nossos cães, que nos olham com aquela irresistível carinha de pidão, mas esse processo muitas vezes se faz perigoso para esses animais dependendo do alimento que é ministrado para o seu consumo, mesmo que seja em pouca quantidade, como o chocolate.

 Esse produto possui elementos nocivos a saúde dos cães, como a teobromina, substância que faz um grande estrago no sistema nervoso desses animais, como reações alérgicas, taquicardia, arritmia, aumento da pressão arterial, tremores e convulsões. Além disso, dependendo da quantidade que se faz ministrada, o cão pode vir a óbito, em alguns casos.

Cachorro pode comer chocolate

Cachorro.
(Foto: Reprodução)

Devido as grandes taxas de açúcares presente nessa deliciosa sobremesa, as cáries e problemas dentários também podem acometer o animal, provocando grandes desconfortos, como as dores de dente.

Outros demais alimentos que não são indicados para a alimentação canina são:

Abacate: possui uma substância tóxica chamada persina, que pode ocasionar desarranjo gastro-intestinal.

Alho: pois pode causar anemias, falência renal, além da destruição das células vermelhas e a perda da hemoglobina.

Bebidas alcoólicas: porque provocam sérios malefícios para o cão, como a depressão, excitação, frequência urinária, ataque cardíaco, respiração lenta e ofegante, podendo ocasionar até mesmo a sua morte.

Café: devido a presença de chantinas em sua composição, pois é um estimulante cardíaco e ainda causa significativos danos ao sistema urinário e nervoso do animal.

Cebola: porque possuem tiosulfato, elemento que propicia o desenvolvimento de anemias.

Comidas gordurosas: causa problemas gastrointestinais, como a pancreatite.

Noz macadâmia: em sua composição, possui uma substância desconhecida, que provoca sérios transtornos a musculatura, sistema digestivo e nervoso dos cães.

Uvas e uvas passas: porque ocasionam insuficiência renal aguda.