Como alugar uma bicicleta do Itaú

Com o intuito de propiciar novos sistemas de sustentabilidade, o Banco Itaú, em parceria com outras empresas em alguns estados, vem promovendo um excelente projeto de mobilidade urbana que é o sistema compartilhado de bicicletas, veículo que pode ser usado por todos, desde que obedeçam as regras estabelecidas para a prática.

Esse programa já vem sendo articulado em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife, Porto Alegre e em Belo Horizonte, contando com a presença de várias estações ciclísticas criadas em cima de um padrão consciente, tendo seu funcionamento disponibilizado através da luz solar, com bicicletas de cor laranja, super estruturadas, fornecendo conforto e vivacidade aos seus usuários.

Como alugar?

Como alugar uma bicicleta do Itaú

Ilustração de um boneco em uma bicicleta.
(Foto: Reprodução)

Para conseguir alugar uma das bike’s disponíveis, é necessário que o indivíduo realize seu cadastro em um dos sites destacados abaixo:

Observação: Escolha o endereço que corresponde com a sua região de moradia.

Valores

  • Passe diário: valor aproximado de R$ 3.
  • Passe mensal:  valor aproximado de R$ 9.
  • Passe anual:  valor aproximado de R$ 60.

Atenção: Para quem possui passe estudantil ou vale transporte, o passe costuma ser gratuito, desde que seja unificado com o sistema de compartilhamento. Consulte as regulamentações do seu cadastro e saiba mais sobre o assunto.

Horário

O uso desses veículos é de 6 horas da manhã até às 23 horas da noite para retirada e, até 24 horas à devolução dos mesmos nas estações.

Tempo de uso

Após a realização do cadastro no projeto, as bicicletas poderão ser utilizadas por até 60 minutos ininterruptos e quantas vezes por dia o usuário desejar (de segunda à sábado), aos domingos, esse tempo sobe para 90 minutos. Depois que o prazo acaba, o usuário tem até 15 minutos para devolver a bike em uma das estações, ou terá que pagar uma taxa de R$ 3 pelos primeiros 30 minutos excedidos e posteriormente, R$ 5 para meia hora.

Como destravar as bike’s?

O destravamento será disponibilizado através de uma ligação do usuário para o número (61) 4003-9846, onde deverá dispor dos seus dados para liberar a bicicleta. Existe ainda um aplicativo para smartphones que realiza essa prática, facilitando ainda mais o processo.

Documentação necessaria para Passe Estudantil

O passe livre de transporte urbano é um dos direitos conquistados pela classe estudantil, projeto que vem sendo implantado por vários estados brasileiros, facilitando a locomoção de estudantes entre suas residências e instituições de ensino, dando acesso gratuito para esses indivíduos em ônibus e metrôs.

Documentação necessaria para Passe Estudantil

Ônibus em movimento.
(Foto: Reprodução)

Para receber esse benefício, é necessário que o estudante esteja cadastrado no programa e atenda a todas as normativas exigidas em sua regulamentação. Os documentos solicitados para a inscrição no passe livre são:

  • CPF (original e cópia) do estudante;
  • RG ou certidão de nascimento (original e cópia) do estudante;
  • RG (original e cópia) e CPF do responsável, quando o estudante tiver menos que 18 anos;
  • Termo de compromisso legal para Aquisição de Créditos Estudantis;
  • Declaração escolar atualizada com validade de 30 dias;
  • Comprovante de residência;
  • Entrega do formulário preenchido com todas as informações solicitadas;

Os postos de autoatendimento para esse serviço podem ser encontrados em várias localidades do país. Em algumas regiões, outras documentações podem vir a ser solicitadas, caso o Sistema de Transporte Público Coletivo necessite. É importante que todos os estudantes realizem o recadastramento no prazo estipulado, para não serem barrados nas catracas ou perderem o benefício.

Como alterar o cadastro do Enem

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), é uma das principais avaliações anuais para estudantes de todo o país, isso porque proporciona inúmeras vagas para diversos cursos em universidades públicas federais todos os anos. Esse projeto funciona através do MEC, Enem e SISU.

Para participar da realização das provas e concorrer as vagas desse sistema, se faz necessário que cada candidato realize sua inscrição no site no INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Caso existam informações incorretas no cadastro, durante o acompanhamento da inscrição, alguns deles poderão ser modificados, como:

Passo a passo para alteração de dados Enem

Computador na grama.
(Foto: Reprodução)

» Data de nascimento;
» Dados pessoais;
» Endereço;
» Telefone;
» E-mail;
» Local de realização da prova;
» Opção de prova de língua estrangeira;
» Portador de deficiência;
» Necessidade de atendimento específico;
» Opção de certificação de Ensino Médio.

Observação: O CPF, o ano de conclusão do ensino médio, escola, dados socioeconômicos e série atual são descrições que não poderão ser modificadas. É importante ficar atento no preenchimento de cada campo e conferir tudo antes de confirmar ou alterar os dados, pois o sistema poderá não disponibilizar as informações corretas para a banca, impedindo a realização da avaliação do estudante.

 Alteração de dados passo a passo

» 1° passo: Clique neste LINK;

» 2° passo: Na área direita da página, terá uma guia escrita “Acompanhe sua inscrição” em amarelo, clique nela;

» 3° passo: Informe os dados solicitados corretamente (CPF, senha e código imagem de segurança) e clique em entrar;

» 4° passo: Acesse o comando “Alterar dados” ou “Alterar local de prova”;

» 5° passo: Modifique os dados que deseja e confirme-os posteriormente. Assim a alteração será realizada com sucesso;