Penteado para cabelo pós-praia

As características típicas do litoral brasileiro são super atraentes e por essa razão suas praias são destino certo de turismo, entretenimento e diversão para milhares de pessoas, tanto em dias comuns quanto aos finais de semana, feriados e férias.

Durante o verão o número de visitantes é superior aos das demais estações, porque possui um clima quente, com temperaturas relativamente elevadas, que faz com que o cenário natural fique ainda mais bonito e agradável para estar com a família, amigos ou até mesmo sozinho.

É relevante que os turistas ministrem cuidados com toda a estrutura corporal antes de se expor ao calor, o mormaço e o contato com a água do mar, como um maior consumo de água mineral, uso de protetor solar e produtos antitérmicos para os cabelos.

Manter os fios sempre bem hidratados e preparados para o contato com as altas temperaturas antes de ir para a praia diminui os riscos de diversos efeitos negativos, como ressecamento, pontas duplas e quebradiças, queda, opacidade, etc.

Para quem gosta de aproveitar os eventos pós-praia, dinamizar as dicas descritas acima é essencial para conseguir compor penteados práticos, bonitos e estilosos. Confira a seguir alguns deles e arrase!

Observação:

Abuse das tranças, “rabos de cavalo”, lenços, tiaras, chapéu, bandanas ou deixe a cabeleira solta e bem batida.

Aproveite o efeito natural dos fios e experimente compor novos looks. Saia do tradicional e veja quão bacana ficará o seu visual com particularidades mais despojadas e que são as mais aderidas tendências na atualidade.

Penteado para cabelo pós-praia

Estilos variados de penteados.
(Créditos da foto: http://territorio.animale.com.br.s3.amazonaws.com/)

Penteado para cabelo pós-praia

Cabelos soltos.
(Créditos da foto: http://1-ps.googleusercontent.com/)

Penteado para cabelo pós-praia

Cabelos soltos e batidos.
(Créditos da foto: http://blogfashionhair.com.br/)

Penteado para cabelo pós-praia

Estilos variados de penteados com lenço.
(Créditos da foto: http://media.dasmariasblog.com/)

Penteado para cabelo pós-praia

Meio coque.
(Créditos da foto: http://c9.quickcachr.fotos.sapo.pt/)

Penteado para cabelo pós-praia

Trança raiz.
(Créditos da foto: http://www.blogdaraffinha.com.br/)

Penteado para cabelo pós-praia

Tiara com flores.
(Créditos da foto: http://kkbeauty.com.br/)

Como cortar as pontas do cabelo em casa

Manipular cuidados regulares com os cabelos é extremamente necessário para que sua estrutura permaneça sempre com um bom desenvolvimento, maciez, brilho, sem pontas duplas, ressecamento, queda de fios e outros fatores.

Quem gosta de manter as madeixas com um aspecto visível favorável, é essencial desmistificar o medo que possui em relação as tesouras, porque o corte também é uma particularidade que deve estar presente nesse processo.

Profissionais da área afirmam que esse procedimento é um dos que mais proporciona reavivamento para os fios, fazendo com que eles cresçam ainda mais saudáveis. Para facilitar sua dinamização, técnicas vem sendo implantadas para que as pontinhas sejam aparadas em casa sem o auxílio de cabeleireiros.

Confira a seguir alguns dos truques que estão possibilitando essa ação sem nenhuma dificuldade:

Como cortar as pontas do cabelo em casa

Mulheres com cabelos coloridos.
(Foto: Reprodução)

Atenção

Lave bem o cabelo e posteriormente faça uma escova ou chapinha em toda sua extensão, deixando-o liso para analisar bem a situação das pontas e também para facilitar a efetuação do corte. Procure um ambiente bem iluminado e tenha uma tesoura bem afiada.

» 1° passo: Penteie os cabelos da nuca até a região da testa e prenda um “rabo de cavalo” nesse local, bem no centro (próximo da localidade da franja).

» 2° passo: Após deixar o “penteado” uniforme, corte as pontas que estão ressecadas, mas cuidado para não exagerar na quantidade, isso fará com que os fios diminuam um pouco no comprimento, além de deixar um caimento mais repicado.

OU

» 1° passo: Separe todo o cabelo ao meio, dividindo-o em duas mechas.

» 2° passo: Pegue uma mecha, incline-a para o lado oposto que se encontra e corte as pontinhas em posição vertical.

» 3° passo: Analise a quantidade de dedos que foi removida dos fios e repita o procedimento na outra mecha.

Como escolher a cor certa para meus cabelos

Pintar e/ou descolorir os cabelos vem se tornando uma prática cada vez mais aderida pelas mulheres e também pelos homens que desejam mudar, pouco ou radicalmente o seu visual, ou apenas para esconder os fiozinhos brancos que a idade traz.

Devido a essas e outras razões, inúmeras tonalidades de tinturas vem sendo comercializadas no mercado estético, procurando atender o gosto de todos os consumidores. Um ponto importante que deve ser destacado antes de aderir algum desses produtos é qual a cor escolher? 

Essa questão é bastante articulada nos salões, centros e redes de beleza. Não são todas as colorações que combinam com a personalidade, idade e biotipo das pessoas. Para ajudá-las nesse processo, algumas técnicas são dinamizadas. Veja algumas delas abaixo e através dessas bases, faça a sua escolha e fique ainda mais linda/o!

Diagnóstico da cor

Esse processo pode ser descrito através do:

» Uso de programas que realizam a modificação das tonalidades do cabelo, através de uma foto do cliente. Com essas comparações, é possível ter uma ideia de como ficará o resultado final com cada cor.

Como escolher a cor certa para meus cabelos

Mulher com o cabelo ruivo.
(Foto: Reprodução)

Observação: Um dos aplicativos que vem sendo utilizados para essa promoção é o Hair Color Genius, que está disponível tanto para aparelhos com iOS, quanto Android. Vale a pena conferir.

» Faça uma comparação das cores da tintura de acordo com a tonalidade da sua pele;

Pele branca: procure não escurecer muito os fios, adicionando castanhos escuros, preto ou preto azulado, isso diminui o seu próprio contraste;
Pele amarelada: evite as tinturas muito loiras e acinzentadas, geralmente dão um ar de envelhecimento;
Pele morena/parda: loiros são excelentes pedidas, desde que não sejam cores muito clarinhas, isso a deixará artificial;
Pele negra: não abuse em nenhuma coloração intensa, seu tom de pele já chama atenção, salvo se possuir uma personalidade forte.

» Escolha a cor também pelos seus próprios critérios:

Loiro: exige uma manutenção regular, proporcionando mais gastos com as tonalizações e hidratações. Os cuidados devem ser realizados diariamente para que os fios não sofram muitos danos.
Vermelho: também exige uma manutenção regular. A claridade da tonalidade escolhida vai depender do tom de pele. Quanto mais clara ela for, mais forte o vermelho pode ser.
Preto: não gera muitos custos, indicada para pessoas que possuem pele negra e oliva.
Castanho: é uma cor de baixa manutenção e geralmente combina com todos os tipos de pele e personalidades.
Acinzentado ou prateado: produz elevados custos de manutenção, sendo tonalidades utilizadas na maioria das vezes por pessoas que gostam de ousar, se arriscar sem medo.

Alimentos que ajudam a combater a queda de cabelo

O cabelos são considerados componentes relevantes na composição de look’s por mulheres e homens de todo o mundo e, por isso, inúmeros procedimentos estéticos são voltados para essa particularidade, com o intuito de deixar os fios modificados, hidratados, macios, fortes e sem os prejuízos que praticas diárias, químicas e outras ações promovem.

O que poucas pessoas sabem é que diversos benefícios capilares podem ser aderidos apenas com uma boa alimentação ou a aplicação de propriedades encontradas em parte desses produtos. A queda de cabelo é um dos transtornos que podem ser controlados utilizando ambas táticas de manipulação de nutrientes.

Especialistas atestam que os fios criam resistência pela alta produção de proteína, melanina e queratina, elementos fornecidos tanto pelo próprio organismo, quanto pelos alimentos. A seguir, veremos uma lista alimentícia com compostos extremamente relevantes para a prevenção da queda e outros auxílios. Confira!

» Água: responsável por hidratar todo o couro cabeludo, deixando os fios mais fortes e com mais facilidade de desenvolvimento.

Alimentos que ajudam a combater a queda de cabelo

Mulher com os cabelos fortes e brilhosos.
(Foto: Reprodução)

» Laranja: rica fonte de fibras e vitamina C, nutrientes que produzem a diminuição da oleosidade, a aparição de caspas e uma maior resistência dos fios.

» Espinafre: contém elevadas taxas de ferro, minerais e clorofila. Ajuda a promover menos oleosidade, perda de brilho, fraqueza, ressecamento e queda capilar, dando mais força aos fios, nutrindo os folículos capilares.

» Cenoura: rica em vitamina A e betacaroteno, proporcionando a perda de pigmentos, diminuição de oleosidade, força dos fios e menor quantidade de suas quedas.

» Vinagre de maçã: possui altos níveis de vitaminas que ajudam na digestão das proteínas, promovendo a menor queda dos fios, mais brilho e força. Pode ser utilizado juntamente no consumo com outros alimentos ou de forma tópica.

» Alecrim: excelente fonte de magnésio, cálcio, ferro e vitaminas, auxiliando a circulação sanguínea, evitando a queda de cabelo.

» Soja: excelente fonte de proteína e biotina, ajudando o organismo no desenvolvimento do folículo piloso e, por consequência no fortalecimento do cabelo e na produção de novos fios, diminuindo ainda o efeito quebradiço das madeixas.

» Iogurte: compostos de elevadas taxas de vitaminas do complexo B e aminoácidos, proporcionando ao cabelo mais força, vida e maciez.

» Frutos do mar: são ricos em magnésio, nutrientes essenciais para uma maior produção de proteínas e outros elementos que promovem uma maior resistência capilar.

» Outros alimentos: couve, uva passa, castanha do pará, peixe, frango, bife de fígado, ovo (tanto a gema, quanto a clara), cereais, nozes, gérmen de trigo, rúcula, agrião, leite e seus derivados, entre outros.

Dica

Alimentos, plantas e cosméticos que contém aloe vera, queratina e outros compostos são extremamente vantajosos para a saúde dos fios, portanto, invista neles!

Alho é bom para o cabelo?

A boa estética é considerada essencial por quase todas as pessoas do mundo, isso porque existem padrões de beleza impostos dentro da sociedade, processo que manifesta por consequência a vaidade dos indivíduos. Um dos pontos destaque dessa articulação, ressaltado por mulheres e homens são os cabelos.

Ter fios saudáveis, macios, com brilho, pouca queda e sem pontas duplas é o sonho de muitos, mas conseguir obter esses resultados é razoavelmente difícil, com relevância para quem não promove cuidados específicos em suas madeixas, se elas possuírem muita química ou estiverem em contato diário com secadores, chapinhas, entre outros produtos que ressecam e quebram sua estrutura.

Dentre os tratamentos mais famosos encontrados no ramo, um dos que tendo destaque são os compostos a base de alho, isso porque o extrato dessa planta produz aos fios benefícios como:

  • Menos queda de cabelo;
  • Fortalecimento capilar;
  • Brilho intenso;
  • Crescimento mais acelerado dos fios;

Como usar?

O ministramento do alho no cabelo vai depender do produto que será aplicado. Veja a seguir algumas opções, sendo a maioria delas fáceis de fazer e aplicar, além dos ingredientes utilizados terem um preço baixíssimo no mercado:

Alho é bom para o cabelo?

Cabeças de alho.
(Foto: Reprodução)

Óleo de alho

Ingredientes

1 xícara de chá de azeite de oliva

Entre 1 à 2 cabeças de alho

Modo de preparo

Deixe o alho descansando no azeite por uma semana ou até achar que os nutrientes da planta está em contato com o óleo.

Aplicação

Antes de dormir, pegue um pouco do óleo de alho, aplique no cabelo e coloque uma toca (para não sujar a cama). No dia seguinte, ao se levantar, lave os fios com shampoo e condicionador. Execute esse procedimento diariamente e em poucos dias começará a ver seus efeitos.

Batida de alho

Ingredientes

Entre 400 ml à 500 ml de água

1 cabeça de alho (com todos os dentes descascados)

Modo de preparo

Bata a água e os dentes de alho no liquidificador.

Aplicação

O manuseio dessa solução deverá ser realizado sempre antes de lavar os cabelos, onde a batida deverá ser aplicada nos fios e no couro cabeludo, como se estivesse fazendo uma massagem, por aproximadamente 2 minutos. Depois, basta enxaguar as madeixas e lavá-las normalmente com shampoo e condicionador.

Atenção!

Existem centros de beleza, lojas de estética e manipulação que vendem produtos a base de óleo. Pesquise e comprove as vantagens de uso!