Corrimento branco e pastoso pode ser gravidez

Quando as alterações começam a acometer o organismo, as mulheres costumam ficar bastante preocupadas, isso porque dão muita importância à sua saúde. Todo e qualquer transtorno que se manifesta no organismo pode indicar algo bom ou ruim, por isso é importante ficar atento aos sintomas.

O corrimento branco e pastoso costuma acometer a mulher dando sinal de que seu corpo está entrando em seu período fértil, deixando o seu sistema reprodutor ainda mais favorável à fecundação do óvulo. Esse sintoma começa a se manifestar em pouca quantidade e aumenta quando o organismo está mais propenso a engravidar.

É importante ressaltar que, mesmo ficando mais grosso e pastoso, nesse período, essa é a única alteração que o corrimento produz. Caso ele venha acompanhado com coceira e ardência na região íntima ou mal cheiro, o que ele indica é que uma doença sexualmente transmissível pode estar acometendo o organismo e nestes casos a mulher deverá procurar seu ginecologista o quanto antes para a realização de exames que constatarão ou não a veracidade da enfermidade.

Se você deseja engravidar, mantenha relações sexuais com o seu parceiro durante o período fértil (3 à 4 dias antes da ovulação e até 3 dias após a mesma) com bastante frequência e sem o uso de qualquer tipo de contraceptivo. Se você quiser evitar uma possível gestação e o contágio de possíveis DST’s, use camisinha em todos os contatos íntimos e ministre o uso do anticoncepcional.

Outros sintomas que se dão no início da gravidez são:

Corrimento branco e pastoso pode ser gravidez

Representação da consistência de um corrimento pastoso.
(Foto: Divulgação)

» Tontura;
» Cansaço;
» Náuseas;
» Vômitos;
» Sensibilidade e aumento dos seios;
» Atraso menstrual;
» Dores de cabeça e nas costas;
» Cólicas;
» Sonolência;
» aumento do apetite;
» Desejos alimentares;
» Alterações de humor;
» Aumento da frequência urinária;
» Constipação intestinal;
» Corrimento branco pastoso ou com pequenas manchas de sangue;

Muco branco e pastoso antes da ovulação

A ovulação corresponde ao processo em que um dos ovários do corpo feminino libera um óvulo, fazendo com que o período fértil inicie, deixando-o mais propenso para engravidar. Esse processo acontece todos os meses após o óvulo sair do ovário e passar pela trompa de falópio até chegar ao útero.

Muitas pessoas não sabem, mas essa etapa produz sintomas no organismo da mulher, sendo um deles a secreção, que se faz como uma lubrificação na região, auxiliando a entrada dos espermatozoides no canal vaginal. A sua aparência se dá como um muco branco e pastoso, bem parecido com uma clara de ovo crua.

Muco branco e pastoso antes da ovulação

(Foto: Reprodução)

Para as mulheres que desejam engravidar, esse é um bom momento para manter relações sexuais com seu parceiro sem usar nenhum tipo de preservativo ou contraceptivo. Médicos indicam que as relações sejam realizadas de um a dois dias antes da ovulação e até 24 horas depois dela, porque esse tempo corresponde a vida do óvulo no organismo.

Outros sintomas que podem se manifestar nesse estágio são o aumento do apetite, da libido e algumas dores pélvicas que podem chegar a ser desconfortantes em algumas pessoas.

O fim do período fértil se dá com a chegada da menstruação, onde a irritação, instabilidade emocional, sensibilidade do corpo e o desejo sexual aumentam consideravelmente devido as mudanças hormonais que acomete o organismo. Caso esse processo não aconteça, tudo indica que a fecundação do óvulo aconteceu e que a gestação irá se iniciar.

Dica

Para saber qual é o seu período fértil, observe a data que a sua menstruação se inicia e conte de 12 à 16 dias para trás. Geralmente esse será o período em que a ovulação vai acontecer. Para mais informações, consulte um bom ginecologista.