Alisamento capilar sem chapinha

Os cabelos lisos sempre estiveram na moda, apesar de nem todas as pessoas possuírem esse biotipo capilar. Para atingir o resultado muitos procedimentos já foram inseridos no mercado, desde muito tempo atrás, antes da aparição das chapinhas – mercadoria que atualmente facilita a dinamização desse desejo.

No tempo das nossas avós e bisavós, os cabelos crespos, cacheados e ondulados eram esticados através de outros métodos, que além de deixar os fios com uma estrutura bonita esteticamente, ainda promoviam uma maior hidratação, suavidade, leveza e brilho, sendo esses:

Alisamento capilar sem chapinha

Mocinha com o cabelo liso e macio.
(Foto: Reprodução)

» Bobes;
» Rodinha com grampos;
» Touca de meia.

Todos esses artifícios promovem o alisamento, contudo, ao contrário das chapinhas, secadores e agentes capilares químicos (como os alisantes e as progressivas), não acarretam danificação às madeixas, fazendo com que elas não fiquem quebradiças, com pontas duplas e sem vida.

Devido a essas e outras vantagens, as atividades descritas acima estão sendo abordadas novamente, tanto em casa, quanto nos grandes, médios e pequenos salões de beleza. Recorrer a uma dessas técnicas de vez em quando, pode ser uma excelente saída para possibilitar a recuperação da saúde dos fios.

Recomendações

» Evite lavar os cabelos na água muito quente ou fria. Procure uma temperatura ideal para realizar essa limpeza;

» Utilize cosméticos capilares voltados para o seu biotipo fio, de preferência os que possuem a presença de aloe vera ou camomila, esses promovem uma maior hidratação dos fios;

» Passe protetor térmico nas madeixas antes de executar o ministramento de chapinhas, secadores ou babyliss;

» Hidrate o cabelo entre 2 à 3 vezes por semana, principalmente se ele for loiro e estiver química;

» Penteie o cabelo por partes, separando-o por mechas para não quebrar a sua estrutura ou elevar os seus níveis de queda;

» Não deixe cremes, gel’s e outras loções por muito tempo nos fios, principalmente em contato com o couro cabeludo, além de danificá-los, poderão causar alguns transtornos, como a manifestação de caspas, seborreia, etc.

Curiosidade

Houve uma época que as mulheres utilizavam os ferros à vapor (de passar roupa) para o alisamento, o que é uma loucura! O vapor esquenta o couro a ponto de danificar os fios desde ao couro até as pontas.