Quem não pode usar anticoncepcional 28 dias?

Os anticoncepcionais estão sendo vendidos no mercado há muitos anos e são bastante manipulados pelas mulheres que desejam prevenir possíveis gravidez, controlar o ciclo menstrual, conter os sintomas da TPM, entre outros fatores.

Suas cartelas são disponíveis nos postos de saúde pelo SUS e também podem ser compradas em todas as farmácias do país. Os dois modelos disponíveis mais vendidos são os de 21 e 28 drágeas, que se diferenciam unicamente pela quantidade de comprimidos e porque um viabiliza a menstruação e o outro não.

O uso contínuo das pílulas (anticoncepcionais de 28 dias) não faz com que os órgãos genitais femininos façam a eliminação dos ovários, ou seja, impede o sangramento mensal das mulheres. Por favorecer essa ação, podem vir a ocasionar alguns efeitos colaterais, como:

Quem não pode usar anticoncepcional 28 dias?

Pílulas anticoncepcionais.
(Foto: Reprodução)

» Inchaço
» Amenorreia
» Abdômen dolorido e sensível
» Ganho de peso
» Ansiedade
» Redução da libido
» Sensação de peso corporal

Existem contra-indicações?

Por pularem uma das etapas mais importantes do ciclo menstrual, as cartelas com 28 pílulas podem vir a ser contra-indicadas para algumas pacientes, elas  oferecem riscos à saúde, principalmente para as que são fumantes, obesas, possuem trombose, tumores, doenças cardiovasculares ou cerebrais.

O que fazer?

A melhor atitude a ser tomada antes de manipular qualquer tipo de medicamento é se destinar a um consultório ginecológico. Através das análises clínicas, exames e acompanhamento especializado será possível saber qual contraceptivo é indicado para cada paciente.

Atenção!

É importante relembrar que quem faz o uso de anticoncepcionais com 28 drágeas, não faz a pausa entre uma cartela e outra, ou seja, fazem o uso das pílulas continuamente.