Como definir a barriga rápido em casa

Há quem acredite que definir o abdômen é uma tarefa difícil, no entanto o grau de dificuldade desse trabalho está condicionado ao tempo e esforço que será dedicado a tal projeto. É preciso fazer os exercícios corretos, na quantidade e tempo adequados para que as indesejáveis gorduras abdominais comecem a ir embora e posteriormente os músculos se definam.

Entenda que os exercícios abdominais servem para que os músculos já existentes sejam fortalecidos e novos sejam desenvolvidos. Assim, para que os famosos “gominhos” apareçam é necessário que não se encontrem recobertos por gordura. O jeito mais prático e eficaz para perca de gordura é por meio de exercícios aeróbicos, pois eles aceleram a queima de gordura.

“Não espere alguém falar pra você o que você já sabe. Vai Malhar!”

Defina a Barriga em 7 dias

Os resultados aparecem com mais rapidez e eficiência quando os exercícios são feitos de modo intercalado durante a semana, uma vez que é nos dias em que o seu corpo descansa que ele criará mais músculos que fortalecerão toda a região do abdômen.

Muitas pessoas que desejam alcançar o abdômen perfeito não tem tempo ou condições de frequentar uma academia. Pensando nela elaboramos essa lista que contém os melhores e mais eficazes exercícios que acabam com a gordura localizada e ajudam na definição do abdômen, confira:

Biycicle Crunch

1. Deitado no chão coloque suas mãos apoiadas com os dedos atrás da cabeça.
2. Procure fazer o toque entre o cotovelo direito e o joelho esquerdo sem utilizar a força do pescoço.
3. Estique sua perna esquerda horizontalmente enquanto seu corpo vira para fazer o toque entre o cotovelo esquerdo e joelho direito.
4. Alterne os lados de modo a realizar repetições de 12 a 16 vezes.

A prática desse tipo de exercício não deve envolver forças exarcebada aplicadas na coluna quando puxar a cabeça para a frente ou para os lados. Lembre-se que a força para erguer e movimentar o corpo deverá vir do abdômen e não das mãos.

Dedicação nos exercícios físicos.

Dedicação nos exercícios físicos.

Prancha frontal

1. Fique de bruços, apoie os cotovelos e o antebraço no chão de modo que eles fiquem em alinhamento com os ombros.
2. Apoie as pontas dos pés no chão de modo que fiquem alinhadas com os cotovelos.
3. Mantenha o corpo ereto horizontalmente e contraia o abdômen para segurá-lo.
4. Tente ficar nesta posição por, no mínimo, 30 segundos.
5. Realize e em cinco minutos realize uma nova série, faça quatro séries.

Chutes tesoura

1. Deitado de costas para o chão, estique as pernas e coloque as mãos embaixo dos glúteos viradas para baixo.
2. Eleve uma perna até um ângulo de 90° com o quadril.
3. Desça a perna até o calcanhar chegue próximo ao chão e ao mesmo tempo suba a outra perna.

Queima de Gordura  correndo.

Queima de Gordura correndo.

Tradicional

1. Deitado de costas para o chão flexione os joelhos e continue com os pés apoiados no chão.
2. Posicione a mão por detrás do pescoço, podendo até mesmo bloquear os dedos.
3. Flexione todo o seu coorpo para frente de modo a levantar o pescoço até o encontro do joelho que fora contraido.

“Não existe mudança sem sacrifício e dedicação”

Atenção

Se durante ou após a realização de algum desse exercícios você perceber que partes do seu corpo estão doloridas, como a coluna, pescoço, joelho e articulações, suspenda suas atividades por um período para que o seu corpo se recupere. A recomendação seria a contratação de um Personal Killer por pelo menos um mês para te passar todos os cuidados necessários.

Como reconquistar seu ficante

Conseguir reconquistar o seu ex pode ser uma tarefa árdua e penosa, que demandará bastante empenho e dedicação. Você deve entrar nesta missão apenas se estiver muito afim ou perdidamente apaixonada por ele, se não todo o esforço não valerá a pena.

Esteja de olho nas outras mulheres que estão rodando ele, é possível que você precise lutar contra elas para recuperar o seu homem. Se a competição ficar muito intensa você irá precisar de armas secretas para capturar de volta alguém que um dia foi seu. Confira então algumas dicas para iniciar:

  1. Volte a ser quem era no início do relacionamento

Se foi o seu ex quem acabou o relacionamento que vocês desfrutavam significa que ele tinha motivos e razões legítimas para tal ato. Caso não tenha sido uma traição, é possível que ele tenha começado a sentir que a sua personalidade mudou de tal maneira a ponto de não conseguir mais lidar com você.

Reconquistar um Namorado

Reconquistar um Namorado

Se você era uma pessoa doce e gentil é hora de voltar a suas raízes, para que ele se encante novamente com a mulher maravilhosa pela qual um dia ele se interessou.

  1. Reflita no que irá dizer a ele

Antes de chegar o momento da abordagem, você deve gastar um pouco de tempo pensando sobre o que ele gosta e espera ouvir de você. Para ter de volta um homem você jamais deverá se humilhar, chorar e ter ações que reflitam desespero.

Expresse que você tem vontade de conversar com ele uma última vez para tentar resolver seus problemas. Se achar necessário, esse é o momento de pedir desculpas, mesmo que você não saiba o que fez de errado, pergunte a ele e mostre que está disposta a mudar.

  1. Recrie momentos agradáveis

Quando se encontrar com ele invista em uma roupa bonita que ele sempre gostou de te ver vestida, se for uma que exiba sensualidade, melhor ainda. Convide ele para verem um filme que ambos já assistiram em outra ocasião e adoraram.

Procure lembrar de uma memória bem poderosa que tornou vocês dois mais ligados em um momento passado e tente criar uma situação semelhante, até os caras mais durões gostam deste tipo de momento, pois você chegará mais perto do coração dele.

  1. Use palavras dele a seu favor

Durante suas conversas procure utilizar palavras e expressões que ele goste e tenha o hábito de colocá-las dentro de diálogos, desta forma ele sentirá uma proximidade mental maior com você. De forma subconsciente ele perceberá que você é a pessoa ideal para ele, uma vez que pensam da mesma forma.

  1. É isso mesmo que você quer?

Após muitas tentativas de reaproximação você percebe que as coisas não começam a dar certo nunca, será que você pretende passar o resto da vida para conquistar alguém que não dá a mínima pra você? Em muitos casos, é possível descobrir que na verdade você só está sendo obstinada ao fim do relacionamento para ser a pessoa que coloca o “ponto final”.

Repense se vale a pena voltar ou se você está apenas em uma sede por vingança. Ele te tratava como você realmente merecia? Qual era o nível de atenção que ele dedicava a vocês quando estavam juntos e distantes? Você acha que ele prezava pelo relacionamento de vocês? Somente após responder essas perguntas que você estará preparada para dizer se deve ou não tentar uma reconciliação com o seu ex ficante.

Urticária: como identificar?

A pele é considerada como um dos maiores órgãos existentes no corpo e por se tratar de uma das regiões que se localizam na área mais externa do organismo, é comum que lesões apareçam em sua estrutura, principalmente quando quedas e outros possíveis acidentes acontecem.

Existem ainda algumas enfermidades preocupantes que podem se exibir na sua extensão, como as famosas e desconfortantes alergias. A urticária é uma das reações mais incômodas presentes nesse grupo e sua aparição pode promover anomalias completamente prejudiciais para a saúde e também para a estética.

Tipos

Existem dois tipos de urticárias: a aguda e a crônica. O primeiro caso pode estar interligado com diversas particularidades internas e externas, já a segunda é quase sempre recorrente de uma doença autoimune.

Causas

Dentre os motivos que podem promover a apresentação dessa patologia, podemos citar o consumo de certos grupos de alimentos, manipulação de medicamentos, calor, frio, água, luz do sol, pelos de animais, pressão sobre a pele, estresse, ansiedade, exercícios físicos, linfomas, hepatite, distúrbios da tireoide, mononucleose e até mesmo o HIV.

Urticária: como identificar?

Sinais de uma reação alérgica.
(Foto: Reprodução)

Fatores de risco

Os pacientes que já possuíram urticária ou já apresentaram outros quadros alérgicos são mais propensos para a doença.

Sintomas

» Coceira;
» Inchaço;
» Vermelhidão;
» Falta de ar;
» Dificuldade para engolir e falar;
» Pequenas elevações brancas ou rosadas na pele.

O que fazer?

Assim que os sinais começarem a surgir é recomendado que a ajuda médica seja procurada. Quanto antes esse apoio for buscado, menores danos a enfermidade ocasionará ao corpo. O diagnóstico para a constatação da urticária é dinamizado através de anamneses, análises clínicas e variados testes, como exames de sangue e cutâneos.

Tratamento

Os procedimentos manipulados no tratamento variam de acordo com as causas relatadas no diagnóstico, mas quase sempre compreende o afastamento total dos agentes que provocam as crises, uso de medicamentos orais e injetáveis.

Complicações

Se a urticária não for tratada, ela poderá se desenvolver para um quadro de anafilaxia ou de inchaço nas vias da garganta, transtornos que podem dificultar a respiração e ocasionar óbito dos pacientes.

Prevenção

A melhor maneira de evitar essa e outras demais alergias é não ficar em contato com os seus desencadeadores.

Dica

Os profissionais da área da saúde indicam que os pacientes não cocem as lesões, para que os traumas não se tornem ainda maiores. Para diminuir essa incontrolável” vontade, a recomendação é aplicar compressas frias no local.

Aviso!

As descrições acima servem apenas para pesquisas. Para obter orientações específicas sobre o assunto, se destine até a rede hospitalar mais próxima!

O que provoca o espirro constante?

Espirrar de vez em quando é considerado como algo normal e por vezes até engraçado – devido ao som diferenciado que as pessoas emitem com essa ação -, mas quando sua manifestação começa a ficar muito constante e frequente, a graça acaba e começa a evidenciar os desconfortos.

O espirro ou esternutação compreende a expulsão do ar do nariz e da boca, podendo ser promovido de forma semi-autônoma e convulsiva. Suas crises podem ser ocasionadas por diversos fatores, mas geralmente estão interligadas aos processos inflamatórios.

Dentre as enfermidades pertencentes a esse meio, uma das mais comuns é a rinite alérgica. Sua promoção é caracterizada pelos médicos como uma reação imunológica do organismo aos alérgenos inalados pelo nariz – órgão considerado como a porta de entrada do ar e das partículas encontradas no meio ambiente que são carregadas por ele.

Quando o sistema imunológico do indivíduo tem uma reação exagerada a essas propriedades, diversos sintomas costumam surgir, como:

O que provoca o espirro constante?

Mulher espirrando.
(Foto: Reprodução)

» Espirros constantes;
» Obstrução nasal;
» Coceira no nariz;
» Coriza;
» Cansaço;
» Dificuldade para respirar;
» Tosse;
» Dor de garganta;
» Irritabilidade;
» Cefaleia;
» Fadiga;
» Olhos inchados e olheiras;

Quais são os principais alérgenos existentes?

Dentre os elementos predominantes, podemos citar a poeira, o pólen, o pelo de animais, os ácaros, a poluição ambiental e determinados alimentos que implicam reações alérgicas, como o leite, o ovo, peixes, etc.

Ajuda médica

Assim que os sintomas começarem a se manifestar a ajuda médica deverá ser procurada. O diagnóstico específico para a constatação desse transtorno aborda um conjunto de análises clínicas, a observação do histórico familiar, exames de sangue e testes cutâneos.

Tratamento

Os procedimentos executados para contenção dos sintomas e o tratamento do paciente são a higienização constante dos ambientes da casa, manipulação medicamentosa, vacinas antialérgicas e o afastamento do indivíduo dos alérgenos causadores da doença.

Complicações

Se o tratamento não for promovido ou for interrompido, poderá gerar sérias complicações, como roncos, otite, sinusite e distúrbios de sono.

Recomendação

Para amenizar um pouco a crise de espirros é indicado que limpezas nasais sejam executadas com soro fisiológico duas vezes ao dia. É importante destacar que essa saída não é a solução para prevenir e tratar a rinite, apenas para controlar os sintomas até ser atendido por um bom médico.

Aviso!

As descrições acima são destinadas apenas para pesquisas. Para maiores orientações é indicado a busca de apoio médico. Quando antes esse auxílio for promovido, menores serão os danos para a saúde do paciente.

Como medir a porcentagem de gordura e potencializar a dieta?

O assunto do momento em várias partes do mundo, principalmente no Brasil são os métodos fitness que estão sendo criados e remodelados para atender as necessidades impostas, tanto para as pessoas que desejam perder peso quanto para as que querem melhorias de vida, aumentar e/ou definir a massa magra corporal.

Emagrecer com certeza é o foco primordial nesse meio, porém nem todos os indivíduos que buscam seus resultados vem promovendo as atitudes corretas para que suas metas sejam alcançadas com saúde. Se preocupar só com a estética pode trazer prejuízos super danosos para o bem-estar, desenvolvimento e manutenção do físico.

Especialistas revelam que os indivíduos inseridos nesse processo se focam constantemente no peso e deixam as demais particularidades relevantes fora do processo de emagrecimento, como o percentual de gordura corporal – que geralmente se encontram em níveis superiores e promovem sérios riscos para o desempenho do sistema imunológico.

Ficou interessado sobre o assunto? Então preste atenção nas descrições a seguir!

Como medir a porcentagem de gordura?

Esse questionamento é um dos primeiros a surgir quando o assunto gordura é mencionado. Existem vários métodos que podem dinamizar essa medição, mas os mais apropriados no momento são a bioimpedância elétrica (bipolar e tetrapolar) e as dobras cutâneas

A realização dessa verificação deve ser efetuada por profissionais que estejam de alguma maneira interligados ao assunto, como nutricionistas, treinadores esportivos, profissionais de Educação Física, professores de artes marciais, etc.

Esses técnicos possuem conhecimentos específicos sobre o assunto e por isso são recomendados para executar essa medição, porque se ela for efetivada de maneira errada, o treino e o modelo alimentar também serão, características que podem ocasionar prejuízos em pouco tempo, como a queda da imunidade devido a falta de nutrientes ou ganho de massa gorda, por exemplo.

É relevante destacar que todas as avaliações deverão ser articuladas em observação à três pilares: objetividade, reprodutibilidade e fidedignidade.

Valores de referência

Como medir a porcentagem de gordura e potencializar a dieta?

Valores de referência para mulheres.

Como medir a porcentagem de gordura e potencializar a dieta?

Valores de referência para homens.

Atenção!

Muitas pessoas começam a treinar regularmente e com o tempo deixam de ver resultados em peso, mesmo quando estão fazendo todos os exercícios e dieta disciplinadamente. O que na maioria das vezes acontece é a substituição de massa gorda por massa magra, característica que não pode ser vista na balança, mas nas medições de circunferência e em todas as avaliações.

Observação: Se os resultados não estiverem aparecendo nas avaliações, converse com o seu treinador e nutricionista, para que mudanças positivas sejam associadas aos treinos e a alimentação.