Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Vômito é sintoma de anemia

Vômito é sintoma de anemia

Se você possui dúvidas sobre o que é a anemia, como ela se manifesta, os malefícios que ela proporciona ao organismo e como ela pode ser tratada dependendo da sua classificação, confira todas essas informações!

     

A anemia corresponde a uma série de motivos que ocasionam a deficiência na produção das hemácias ou glóbulos vermelhos e na concentração da hemoglobina, que é um dos mais importantes elementos do sangue, responsável por transportar oxigênio dos pulmões para nutrir todas as células do organismo.

Esse distúrbio é considerado como o principal ocasionador de doenças de base que proporcionam a redução do número de glóbulos vermelhos ou eritrócitos circulantes no corpo humano, podendo se dar de maneira aguda, crônica, adquirida ou hereditária.

Causas

As principais causas constatadas como fatores relevantes que reproduzem a anemia no ser humano são a falta de nutrientes no organismo devido a deficiência na produção das hemácias e pela insuficiência do consumo diário.

Tipos

Sua classificação é dada de acordo com o tamanho das hemácias ou do VCM (volume corpuscular médio):

» Anemia Aplástica: se trata de uma doença auto-imune onde a medula óssea diminui a produção de células sanguíneas;
» Anemia Falciforme: possui origem genética e causa a destruição das hemácias do sangue;
» Anemia Ferropriva: é causada pelo baixo consumo de alimentos ricos em ferro e/ou hemorragias;
» Anemia Hemolítica: é ocasionada pelos anticorpos que destroem as células sanguíneas, se dando com mais relevância nas mulheres;
» Anemia Perniciosa: é causada pela deficiência de vitamina B12 no organismo;

Sintomas

Anemia: causas, tipos, sintomas, tratamento e prevenção.

Representação das hemácias.
(foto: divulgação)

» Vômitos;
» Apatia;
» Dificuldade na aprendizagem;
» Palidez das mucosas e da pele;
» Falta de apetite;
» Fadiga generalizada;
» Cansaço demasiado;
» Fraqueza;
» Sonolência diurna inexplicável;
» Dor de cabeça intensa e frequente;
» Perda da memória;
» Queda de cabeço;
» Pele ressecada;
» Unhas fracas e quebradiças;

Diagnóstico

Assim que os sintomas começarem a aparecer, a ajuda médica deverá ser procurada para a observação do quadro do paciente. O diagnóstico costuma ser realizado através de exames laboratoriais, como os hematológicos, para avaliar os níveis de hemoglobinas presentes no organismo.

Tratamento

O tratamento vai ser realizado de acordo com o tipo de anemia, as condições físicas do paciente e a observação médica, podendo se dar:

» Anemia Aplástica: o tratamento pode ser realizado com o transplante de medula óssea e transfusão de sangue. Quando os cuidados necessários não são realizados, podem levar o enfermo a óbito em menos de um ano;
» Anemia Falciforme: o tratamento pode ser realizado com a mudança dos hábitos alimentares, transfusão de sangue e em alguns casos, o uso de medicamentos;
» Anemia Ferropriva: o tratamento pode ser realizado com a mudança alimentar e uma excelente suplementação em ferro;
» Anemia Hemolítica: o tratamento pode ser realizado com o uso de medicamentos e a remoção do baço;
» Anemia Perniciosa: o tratamento pode ser realizado com uma excelente suplementação de ácido fólico e vitamina B12. Quando os cuidados necessários não são realizados, podem causar sérios danos neurológicos no enfermo;

Complicações

» Retardo do crescimento;
» Baixa resistência a infecções;
» Baixo peso ao nascer;
» Maiores chances de uma mortalidade perinatal;
» Comprometimento da capacidade de aprendizagem, da coordenação motora e da linguagem;
» Efeitos comportamentais como a falta de atenção, fadiga, redução da atividade física e da afetividade;

Aviso!

Todo o contexto descrito acima se trata apenas de um informativo. Caso algum dos sintomas estejam aparentes ou você possua qualquer outra dúvida mais específica sobre o assunto, procure ajuda médica rapidamente.

Saiba Mais:


Quer comentar ?