Fiapo de Jaca » Escolar » Teoria da Evolução Gradual dos Sistemas Químicos

Teoria da Evolução Gradual dos Sistemas Químicos

Saiba mais neste artigo sobre os primeiros passos da ciência em direção a teoria da evolução gradual dos sistemas químicos. Acompanhe!

     

Teoria da Evolução Gradual dos Sistemas Químicos

 Muitos especialistas e estudiosos se arriscavam a declarar não ser possível a Terra possuir vida, devido aos fatores químicos que se faziam presentes na atmosfera. Muito se debateu nessa época e diversas teorias foram criadas.

Os principais responsáveis foram estudiosos dessa mesma época. Eles estão representados como grandes pesquisadores que chegaram a algumas conclusões no decorrer de suas vidas, essas mesmas conclusões foram então tomando aperfeiçoamento com o tempo até tornar-se o que é atual.

Depois de haver a explosão do Big Bang, sabe-se que houve então o presente contato com os raios ultravioletas através de uma tempestade. Isso permitiu que houvesse uma formação de componentes orgânicos que até então eram novos. Com isso, tem-se ideia de que surgiu a imensa diversificação de vida terrestre.

Imagem ilustrativa da formação de moléculas.

Teoria da evolução gradual dos sistemas químicos.  (Foto:Reprodução)

Em Biologia, a defesa que se faz é de que os primeiros seres considerados vivos surgiram a cerca de 3,5 milhões de anos atrás. Os principais gases daquele tempo que aqui estavam presentes, foram basicamente:

  • Amônia
  • Hidrogênio
  • Matano

A primeira molécula então fora criada através da tempestade que citamos acima, com o decorrer do tempo, as chuvas foram fazendo com que os oceanos (que até então eram quentes e rasos) se tornassem um ótimo lugar para o desenvolver da matéria prima.

Com o passar de mais algum tempo, a teoria denota que as moléculas que eram simples, foram simplesmente se tornando complexas. Alguns estudos foram feitos para que essa mesma hipótese fosse levada a sério e comprovada cientificamente. Depois disso as moléculas formaram o ambiente.

Três estudiosos se arriscaram a falar sobre a evolução dessas mesmas moléculas, vamos conhecer a teoria de cada um.

Lamark – Lamark em especial, acreditava que todas as formas de vida seriam capazes de se transformar com o tempo para manterem-se vivas. Segundo o mesmo, o que ocorria era uma hipertrofia e então essa mesma forma de vida podia transformar-se em outra, fazendo com que estivesse sempre viva e inovada.

Darwin – Já para Darwin, o que acontecia mesmo era que uma espécie de forma de vida em especial tinha o poder de reproduzir inúmeras outras espécies. Depois disso, ocorria uma luta pela vida e somente aqueles que se mostravam resistentes a seleção natural sobreviviam.

Mendel – Um pouco mais a frente, Mendel conseguiu provar cientificamente os seus vários conceitos relacionados aos genes, variações, mutações e recombinações genéticas. Para ele, o que acontece eram várias recombinações genéticas que permitiam a evolução das formas de vida.

Saiba Mais:


Quer comentar ?