Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Queimaduras deixam cicatrizes?

Queimaduras deixam cicatrizes?

Veja nessa matéria como é importante dinamizar o correto tratamento das queimaduras para prevenir a manifestação de cicatrizes e suas complicações.

     

Toda a estrutura corporal é revestida por pele, tecido responsável por proteger o organismo, regular a sua temperatura somática, abrigar terminações nervosas sensitivas e também os níveis de nutrientes necessários para viabilizar uma melhor saúde aos indivíduos.

Esse órgão é classificado como um dos maiores existentes no corpo e faz parte do sistema tegumentar. Sua dimensão é composta pela epiderme, derme e hipoderme, onde cada camada atinge um grau de profundidade e assimila atividades para a promoção de melanina, colágeno, sebo e outros elementos.

O atrito produzido pelas queimaduras atingem prejudicialmente as regiões da pele, agredindo-as e, dependendo da gravidade do caso, pode vir a se tornar uma possível cicatriz. Os agentes causadores desse transtorno (radiação, agentes químicos e energéticos, fogo, frio e fricção) podem provocar lesões de primeiro, segundo e/ou terceiro grau.

Queimaduras deixam cicatrizes?

Mão machucada.
(Foto: Reprodução)

Especialistas revelam que quanto mais profundo for o trauma, mais chances o indivíduo terá de desenvolver uma cicatriz hipertrófica ou quadros de queloide. Em ambas particularidades os prejuízos a estética física do paciente são visíveis e podem levar a sérios problemas de saúde.

Complicações

» Quebra da barreira de proteção
» Infecções bacterianas
» Perda de líquidos dos tecidos
» Insuficiência renal aguda
» Hipotermia
» Falta ou perda de elasticidade
» Limitação e dificuldade de movimentos
» Compressão das vias aéreas, vasos e nervos
» Lesão nos pulmões
» Tétano

O que fazer?

Assim que a queimadura for promovida é essencial que lave a região com água corrente em temperatura ambiente e ou fria – soro fisiológico e sabão neutro também podem ser manipulados em conjuntura. Essa articulação vai impedir que o calor atinja as camadas mais profundas da pele.

Mesmo realizando a descrição acima é essencial que o diagnóstico médico seja efetuado, para que as recomendações específicas sejam prescritas e executadas com mais cuidados.

Observações:

» As bolhas podem ser estouradas com um objeto perfurante esterilizado, mas a pele não deverá ser arrancada, mas sim colocada por cima do ferimento como uma “capa de proteção”.

» Nenhuma outra propriedade deve ser utilizada para esse procedimento, caso contrário infecções poderão afetar o local.

Aviso!

As descrições desse artigo servem apenas para uso informativo. Para saber mais sobre o tema ou receber melhores orientações, procure ajuda médica.

Saiba Mais:


Quer comentar ?