Fiapo de Jaca » Escolar » Quais as formas de calcular a concentração de uma solução

Quais as formas de calcular a concentração de uma solução

Acompanhe neste artigo as principais fórmulas utilizadas para efetuar o cálculo de concentração das soluções. Confira!

     

As soluções são classificadas como matérias homogêneas que envolvem um soluto e um solvente, podendo elas serem encontradas nos estados gasoso (como o ar), sólido (como as ligas metálicas) ou líquido (com relevância os elementos em que a água se manifesta como o solvente).

Sua concentração geralmente se produz em unidades quantitativas, sendo denominadas por unidades de concentração. Dentro dessa particularidade, é possível ver a presença de variados tipos de concentração e unidade, responsáveis por definir a afinidade existente em que o soluto se dissolve, de acordo com o solvente ao qual é exposto.

As principais fórmulas utilizadas nessa conceituação para realizar o cálculo de concentração de uma ou mais soluções são:

Concentração Comum

  • Unidade: g/L.

→ Fórmula: C = m1/V

Molaridade

  • Unidade: mil/L.

→ Fórmula: M = n1/V ou M = m1/MM1 * V

Título

  • Unidade: adimensional.

→ Fórmula: τ = m1/m ou τ = m1/m1+m2

Percentual

  • Unidade: %.

→ Fórmula: % = 100*τ

Normalidade

  • Unidade: N.

→ Fórmula: N = nEqg¶/V

Fração Molar

  • Unidade: adimensional.

→ Fórmula: x = n1/n

Diluição

  • Unidade: não possui unidade.

→ Fórmula: M1 * V1 = M2 * V2

Equivalente/grama

  • Unidade: g.

→ Fórmula: 1E = MM/x

Mistura de solução de soluto diferente

  • Unidade: não possui unidade.

→ Fórmula: C1 * V1 + C2 * V2 = Cf * Vf ou M1 * V1 + M2 * V2 = Mf * Vf

União de concentrações

  • Unidade: não possui unidade.

→ Fórmula: C = M * MM = 1.000 * d * τ ou d = C/τ

Saiba Mais:


Quer comentar ?