Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Primeiros socorros para picadas de insetos

Primeiros socorros para picadas de insetos

Foi atacado por um inseto e não sabe o que fazer? Conheça nesse artigo os primeiros socorros abordados nesses casos!

     

Ser picado ou mordido por insetos reproduz sensações corporais nada agradáveis, principalmente quando os acometidos são completamente alérgicos e/ou esses animais são peçonhentos. Mesmo sendo um incômodo, nem sempre esses quadros se apresentam com graves riscos, mas é essencial ficar em alerta para evitar possíveis prejuízos a saúde.

Entre os sintomas presentes nesses casos, podemos citar:

  • Dor
  • Inchaço
  • Coceira
  • Vermelhidão
  • Fraqueza
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Pulsação rápida
  • Respiração dificultosa
  • Nervosismo
  • Formigamento
  • Perturbações visuais
  • Coagulação sanguínea

Mas o que fazer se isso acontecer?

Bom, a ajuda médica é essencial nesse processo, mas enquanto ela não chega, os primeiros socorros podem ser articulados para evitar a piora do quadro do indivíduo. Veja-os a seguir e procure promover sua dinamização de maneira correta:

Primeiros socorros para picadas de insetos

Pessoa sendo picada por abelha.
(Foto: Reprodução)

Tranquilizar a pessoa, deixando-a deitada e de preferência parada, sem fazer movimentos bruscos.

Limpar delicadamente a área afetada pelo inseto com água e sabão (neutro), cobrindo-a posteriormente com um pano limpo.

Remover o ferrão do inseto (se estiver fácil).

Retirar os adornos que o indivíduo estiver usando para evitar maiores inchaços.

Aplicar gelo no local para diminuir o inchaço.

Levar a vítima para a rede hospitalar mais próxima, para que seu atendimento seja promovido o quanto antes.

Se possível, identificar o inseto ou levá-lo até o médico (se não for perigoso) para que o paciente receba o tratamento adequado, de acordo com as suas causas.

Alertas

Não aplique nada no local da picada ou mordida, nem amarre ou fure a região.

Se a perna ou o braço forem acometidos, mantenha-os elevados enquanto o auxílio médico não chega.

Não deixe que o indivíduo coma ou beba nada enquanto espera atendimento.

Telefones úteis

⇒ SAMU: 192.
⇒ Corpo de Bombeiros: 193.
⇒ IBAMA: 0800 618 080.
⇒ Polícia Militar: 190.

Saiba Mais:


Quer comentar ?