Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Petiscos que podem levar ao desenvolvimento de graves doenças

Petiscos que podem levar ao desenvolvimento de graves doenças

Você está se alimentando inadequadamente e beliscando todos os lanchinhos que vê pela frente? Clique AQUI e saiba quais os danos podem ser promovidos para a saúde através desse mau consumo!

     

Os maus hábitos alimentares estão impostos no cotidiano de milhares de pessoas no mundo, os brasileiros não ficam atrás, fator que coloca os órgãos públicos nacionais em alerta total, já que essa característica pode vir a promover sérios prejuízos ao bem-estar da população.

Desde pequenos ouvimos a afirmação “o que não mata, engorda” e esse ganho de peso demasiado pode ser visto com frequência pelas ruas de todo o país, em mulheres, homens, crianças, jovens, adolescentes, adultos e idosos. Com isso, podemos analisar que todos estão expostos a esse grande risco.

O grande problema em questão é que além de estarem manipulando produtos nada saudáveis, ainda estão dinamizando essa ingestão de maneira completamente errada, com muita frequência, em elevadas quantidades e sem pensar em como tudo isso está agredindo o seu próprio organismo.

Dentre os hábitos que podem ser considerados altamente prejudiciais nesse processo, o consumo de petiscos/lanchinhos ganha em disparada, já que essa ação é praticada com intensidade e várias vezes na mesma semana por um público considerável. Os principais itens danosos a serem destacados pelos malefícios que ocasionam a estrutura corporal são:

Petiscos que podem levar ao desenvolvimento de graves doenças

Fast-food.
(Foto: Reprodução)

Batata frita
Salgadinhos
Lanches fritos
Salsicha
Linguiça
Mortadela
Feijoada
Feijão tropeiro
Presunto
Biscoito recheado
Refrigerante
Fast-food
Massas
Pão-francês
Comidas prontas congeladas

Esses alimentos correspondem a boa parte do que muitas pessoas comem diariamente. A quantidade de agentes químicos, fritura, gorduras, açúcares, sódio, temperos industrializados, embutidos, entre outros compostos é algo preocupante, já que podem causar sérias enfermidades a curto, médio e longo prazo, como:

Diabetes
Obesidade
Colesterol alto
Anemia
Gastrite
Hipertensão
Hipertireoidismo
Úlcera
Hipoglicemia
Doença de Crohn
Problemas de infertilidade
Transtornos cardiovasculares, como derrame e infarto do miocárdio

Recomendações

Para evitar essas e outras disfunções, o mais indicado é seguir os cuidados alimentícios que serão descritos a seguir e manter um bom acompanhamento médico, para atestar que nenhum distúrbio está afetando a saúde.

Comer fracionadamente, a cada duas ou três horas, evitando pular refeições ou ficar em jejum.

Diminuir a quantidade dos alimentos e efetuar uma excelente mastigação.

Beber bastante água ao longo do dia, no intervalo das refeições, evitando a sua ingestão e de outros líquidos enquanto come.

Evitar o consumo dos itens descritos acima e outros que estejam interligados a eles.

Priorizar sempre a ingestão de frutas, verduras, legumes, fibras, proteínas, oleaginosas e produtos integrais.

Consumir os alimentos sempre de maneira saudável, removendo as capas de gordura e articulando procedimentos benéficos no modo de preparo (assado, grelhado ou cozido).

Saiba Mais:


Quer comentar ?