Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » O que provoca o espirro constante?

O que provoca o espirro constante?

Os espirros começaram se manifestar e parece que não vão mais parar? Acesse este LINK e veja quais as causas dessa crise.

     

Espirrar de vez em quando é considerado como algo normal e por vezes até engraçado – devido ao som diferenciado que as pessoas emitem com essa ação -, mas quando sua manifestação começa a ficar muito constante e frequente, a graça acaba e começa a evidenciar os desconfortos.

O espirro ou esternutação compreende a expulsão do ar do nariz e da boca, podendo ser promovido de forma semi-autônoma e convulsiva. Suas crises podem ser ocasionadas por diversos fatores, mas geralmente estão interligadas aos processos inflamatórios.

Dentre as enfermidades pertencentes a esse meio, uma das mais comuns é a rinite alérgica. Sua promoção é caracterizada pelos médicos como uma reação imunológica do organismo aos alérgenos inalados pelo nariz – órgão considerado como a porta de entrada do ar e das partículas encontradas no meio ambiente que são carregadas por ele.

Quando o sistema imunológico do indivíduo tem uma reação exagerada a essas propriedades, diversos sintomas costumam surgir, como:

O que provoca o espirro constante?

Mulher espirrando.
(Foto: Reprodução)

» Espirros constantes;
» Obstrução nasal;
» Coceira no nariz;
» Coriza;
» Cansaço;
» Dificuldade para respirar;
» Tosse;
» Dor de garganta;
» Irritabilidade;
» Cefaleia;
» Fadiga;
» Olhos inchados e olheiras;

Quais são os principais alérgenos existentes?

Dentre os elementos predominantes, podemos citar a poeira, o pólen, o pelo de animais, os ácaros, a poluição ambiental e determinados alimentos que implicam reações alérgicas, como o leite, o ovo, peixes, etc.

Ajuda médica

Assim que os sintomas começarem a se manifestar a ajuda médica deverá ser procurada. O diagnóstico específico para a constatação desse transtorno aborda um conjunto de análises clínicas, a observação do histórico familiar, exames de sangue e testes cutâneos.

Tratamento

Os procedimentos executados para contenção dos sintomas e o tratamento do paciente são a higienização constante dos ambientes da casa, manipulação medicamentosa, vacinas antialérgicas e o afastamento do indivíduo dos alérgenos causadores da doença.

Complicações

Se o tratamento não for promovido ou for interrompido, poderá gerar sérias complicações, como roncos, otite, sinusite e distúrbios de sono.

Recomendação

Para amenizar um pouco a crise de espirros é indicado que limpezas nasais sejam executadas com soro fisiológico duas vezes ao dia. É importante destacar que essa saída não é a solução para prevenir e tratar a rinite, apenas para controlar os sintomas até ser atendido por um bom médico.

Aviso!

As descrições acima são destinadas apenas para pesquisas. Para maiores orientações é indicado a busca de apoio médico. Quando antes esse auxílio for promovido, menores serão os danos para a saúde do paciente.

Saiba Mais:


Quer comentar ?