Fiapo de Jaca » Novidades » O que fazer quando se sofre pancadas na cabeça

O que fazer quando se sofre pancadas na cabeça

Acompanhe aqui, o que fazer quando se sofre pancadas na cabeça. Veja também o que não fazer e quais situações deve-se procurar um médico. Confira e fique por dentro!

     

Nem sempre é fácil saber o que fazer com uma pessoa que acabou de sofrer uma pancada na cabeça, posto isto, qualquer batida que machuca o couro cabeludo, crânio ou cérebro, precisa de cuidados.

Não importa se a lesão é uma pancada no crânio ou alguma lesão cerebral grave, saber o que fazer na hora é de deveras importância para evitar traumas piores. Entenda a seguir:

• Traumatismo craniano fechado indica um golpe duro na cabeça por algum objeto, porém, esse objeto não quebrou o crânio.
• Traumatismo craniano aberto ou penetrante com ferimento na cabeça, indica que um objeto atingiu e quebrou o crânio, entrando no cérebro.

Veja a seguir, lesões na cabeça:

• O mais comum é a concussão, que é uma lesão cerebral traumática, onde o cérebro foi abalado
• Feridas no couro cabeludo
• Fraturas do crânio

Veja a seguir, onde ferimentos na cabeça podem causar sangramento:

Homem com dor na cabeça

• No tecido cerebral
• Nas camadas que envolvem o cérebro (hemorragia subaracnoide, hematoma subdural, hematoma extradural).

Veja a seguir, as causas mais comuns de lesões na cabeça:

• Quedas
• Agressão física
• Acidentes de trânsito
• Acidentes em casa, trabalho, ao ar livre, ou durante a prática de esportes

Veja a seguir, os sintomas ocasionadas após uma pancada na cabeça

• Os sintomas podem ocorrer de imediato ou desenvolver-se durante algumas horas ou dias.
• Pancadas podem resultar em sangramento ou inchado.
• A medula espinhal poderá ser ferida, assim como algumas lesões podem acarretar mudanças na função cerebral, conhecida como lesão cerebral traumática.
• Cerebral traumática leve é a concussão, podendo ser leve ou grave os seus sintomas.

Veja a seguir, quais situações deve-se procurar um médico quando alguém sofre pancadas na cabeça:

• Quando a pessoa estiver muito sonolenta
• Quando a pessoa estiver se comportando de maneira anormal
• Quando a pessoa tem forte dor de cabeça ou se o pescoço estiver duro
• Quando a pessoa está com as pupilas (a parte central escura do olho) de tamanhos desiguais
• Quando a pessoa não consegue mover um braço ou perna
• Quando a pessoa perde a consciência, mesmo que brevemente
• Quando a pessoa vomita mais de uma vez.

Veja a seguir, o que fazer quando alguém sofre pancadas na cabeça:

Homem com dor na cabeça

• Observar as vias aéreas da pessoa, respiração e circulação. Caso seja preciso, inicie a respiração artificial e faça massagem cardíaca
• Quando a pessoa estiver inconsciente, porém respirando, estabilize a cabeça e o pescoço, coloque as mãos nos dois lados da cabeça da pessoa, não esqueça de manter a cabeça em linha com a coluna vertebral e espere a ajuda medica
• Quando ocorrer sangramento, pressione com um pano limpo sobre o ferimento. Caso o sangue encharque o pano, coloque outro pano sobre o primeiro
• Não aplique pressão direta no local do sangramento em suspeitas de fratura de crânio, além disso, não remova os detritos da ferida, mas cubra o ferimento com gaze estéril
• Role a cabeça da pessoa, pescoço e corpo como um todo para o seu lado, caso a pessoa esteja vomitando, assim evitará que ela se engasgue. Não deixe de aplicar compressas de gelo nas áreas inchadas.
• Procure um hospital se o ferimento na cabeça for grave, principalmente se houver hemorragia ou danos cerebrais.

Veja a seguir, o que não fazer quando alguém sofre pancadas na cabeça:

• Não deve-se lavar o machucado da cabeça, principalmente se for profundo e sangrar muito
• Não deve-se remover qualquer objeto que esteja saindo da ferida
• Não deve-se mover a pessoa a não ser que seja realmente necessário
• Não deve-se agitar a pessoa, principalmente se ela estiver atordoada
• Não deve-se remover o capacete quando houver suspeitas de lesões graves na cabeça
• Não deve-se pegar uma criança caída que tenha sinais de ferimentos na cabeça
• Não deve-se beber álcool nas 48 horas após um traumatismo craniano grave.

Saiba Mais:


Quer comentar ?