Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Mamãe de primeira viagem: Aprenda a escolher a fralda certa para o tamanho do seu bebê

Mamãe de primeira viagem: Aprenda a escolher a fralda certa para o tamanho do seu bebê

Está com muitas dúvidas em relação a compra de fraldas por não ter noção da quantidade média necessária para cada etapa de crescimento do bebê? Clique AQUI e fique por dentro do assunto!

     

Toda gestação tem as suas características singulares, mas a primeira é sempre a mais preocupante para as mulheres, porque todas idealizam como serão os cuidados com os seus bebês assim que eles nascerem e também nos primeiros meses de vida, mas quase nunca esse plano acontece da forma que esperam.

Uma das principais dúvidas das mamães de primeira viagem é a compra de fraldas descartáveis, porque escutam várias informações positivas e negativas em relação as marcas, tamanhos, quantidades e outros fatores durante toda a gravidez.

É importante que os pais fiquem sempre atentos quando for adquirir esses produtos para não exagerar no volume e também porque nem todos os modelos combinam com a pele da criança, então os testes com as marcas mais “baratas” e menos conhecidas deverão ser realizados antes de fazer o consumo em grande escala – se esse for o caso.

Para auxiliar nesse processo, veremos algumas dicas relevantes a seguir. Leia bem cada uma delas e peça auxílio para as amigas ou familiares que também se tornaram mamães há pouco tempo. A troca de experiências é extremamente relevante para um melhor aprendizado.

Qual fralda escolher?

Mamãe de primeira viagem: Aprenda a escolher a fralda certa para o tamanho do seu bebê

Bebê deitado.
(Foto: Reprodução)

As fraldas descartáveis comuns são econômicas e por consequência as mais aderidas do mercado, são razoavelmente eficientes contra vazamentos e algumas marcas costumam proporcionar irritações e alergias aos bebês. Já as descartáveis respiráveis são mais caras, porém viabilizam mais vantagens para os pequeninos, porque diminui as chances de alergias, assaduras e tem um maior poder de absorção.

Observação: Os testes deverão ser feitos porque cada organismo funciona de uma maneira, portanto, não que dizer que porque um bebê tem alergia a uma marca “x” que o seu também terá.

Qual quantidade comprar?

Esse fator irá depender muito do tamanho que o bebê nascer e a constante troca do dia a dia. Confira uma média abaixo para ter uma noção base:

» Tamanho RN: utilizada com frequência por prematuros e crianças que nascem com baixo peso, mas a quantidade deve ser pouquinha porque elas se desenvolverão rapidamente;
» Tamanho P: cerca de 500 fraldas nos dois primeiros meses.
» Tamanho M: cerca de 750 fraldas do 3° ao 6° mês.
» Tamanho G: cerca de 1.000 mil fraldas do 7° mês até um ano.
» Tamanho EG: cerca de 2.000 mil fraldas de um até dois anos de idade.

É favorável fazer um chá de fraldas?

Sim, mas procure solicitar boas marcas e os tamanhos que mais serão utilizados nos convites. Parece algo chato, mas irá prevenir o desperdício e os problemas imprevistos posteriormente. Quando as fraldas não servem mais nos bebês ou dão irritações, é muito comum que as mamães troquem entre si ou façam doações para instituições que necessitam.

Curiosidades!

» Virilha vermelha, bolinhas e assaduras na pele do bebê são sinais de alergia;

» Bebê agitado é um alerta de que algo está errado, possivelmente que sua fralda está cheia e que deve ser trocada;

» Quando as fraldas começam a vazar com frequência, é porque o tamanho deve ser aumentado;

Atenção

As fraldas devem ficar próximas ao corpo, mas com um espaço para que o corpo respire e se movimente sem nenhum incômodo. Fique atento a isso para não machucar a criança.

Saiba Mais:


Quer comentar ?