Fiapo de Jaca » Novidades » Gordura para fritar salgados

Gordura para fritar salgados

Acompanhe neste artigo as incríveis dicas de como fritar salgadinhos, deixando-os sequinhos e deliciosos para consumo. Vale a pena, acompanhe!

     

Mesmo parecendo ser um procedimento fácil e bem óbvio, fritar salgados possui alguns segredos que, ao serem utilizados, fazem completa diferença no resultado final desse processo. Esses petiscos geralmente são compostos por água, leite, farinha, sal, gordura e os mais diferenciados recheios.

A qualidade da massa faz total diferença no momento da fritura, assim como a quantidade de recheio colocada em cada salgadinho. Quando esse volume se faz demasiado, costuma provocar rachaduras nas estruturas do salgado, fazendo com que ele despedace enquanto estiver fritando, portanto, seja ponderado.

Qual óleo usar?

Dicas para fritar salgadinhos

Salgados fritos.
(Créditos da foto: http://buffetilhadotesouro.com.br/)

O melhor óleo para fritar salgadinhos são os de milho, pois são mais duradouros, não queimam e nem escurecem tão depressa quanto os de soja. Mesmo sendo mais caros, a sua utilização poderá ser realizada entre 1 à 3 vezes, de acordo com as observações do cozinheiro.

É importante ressaltar que quando o óleo está muito sujo ou velho, passa um gosto diferenciado para o salgado, afetando a sua qualidade e paladar.

Quantidade de óleo

O volume de óleo a ser utilizado irá variar de acordo com a panela e o tamanho do salgado. Caracteriza-se como a quantidade adequada, aquela que cubra todos os salgadinhos.

Em qual panela fritar?

Indica-se que os salgados sejam fritos em panelas não muito grandes, porque eles deverão ser preparados aos poucos. Frigideiras e panelas com bases mais grossas são as opções ideais para essa prática, pois ajudam a manter o calor uniforme e constante.

Temperatura

O óleo deverá estar bem quente para fritura dos salgados, pois quando está morno ou frio, pode quebra-los ou realizar o seu cozimento. É indicado que a panela seja colocada na maior boca do fogão, onde o óleo deverá ser esquentado por cerca de 10 minutos.

Dicas:

  • Assim que colocar o óleo na panela, ligue o fogo e adicione um alho descascado ou um palito de fósforo. Quando a gordura estiver em temperatura apropriada para realizar a fritura, o alho irá boiar na superfície ou o palito irá ascender rapidamente.

Congelado ou descongelado?

Não importa se o salgado se encontra congelado ou descongelado no momento da fritura, mas sim que sejam adicionados na panela em pouca quantidade, assim que o óleo estiver bem quente, para que não grudem ou queimem.

Observação: Assim que descongelados, os salgados não poderão voltar para o congelador, portanto, todos deverão ser consumidos.

Como fritar?

Separe os itens que irá utilizar:

» Salgados;
» Óleo de milho;
» Panela;
» Palito de fósforo ou alho descascado;
» Espumadeira;
» Papel toalha;
» Recipientes para colocar os salgados fritos;

» 1° passo: Coloque a panela no fogo, adicione a quantidade de óleo necessária e coloque o palito de fósforo ou alho descascado;

» 2° passo: Separe os salgadinhos em unidades e reserve;

» 3° passo: Em um recipiente, abra folhas de papel toalha e reserve para retirar um pouco da gordura dos salgados após serem fritos;

» 4° passo: Assim que o palito de fósforo ascender ou o alho boiar, coloque entre 4 à 7 salgadinhos na gordura para fritar. Use a ajuda da espumadeira para não se queimar;

  • Abaixe um pouco o fogo no momento da fritura e não tampe a panela por completo, caso ela tenha tampa.

» 5° passo: De vez em quando, vire os salgados, para que eles fritem de ambos os lados e não preguem na panela;

» 6° passo: Assim que atingirem a tonalidade que deseja em sua superfície, retire-os com a espumadeira do óleo quente e os coloque no recipiente com papel toalha;

» 7° passo: Aumente o fogo novamente, espere cerca de um minuto, e coloque a nova remessa de salgados.

Outras dicas

» Assim que estiverem bem sequinhos, retire os salgados do recipiente com papel toalha e coloque-os em uma travessa ou forma;
» Troque as folhas de papel toalha sempre que estiverem ficando encharcados de óleo;
» Assim que a gordura estiver ficando escura, troque-a por outra;
» Não jogue o óleo velho na pia. Espere que ele esfrie, adicione-o a recipientes descartáveis e doe para a realização de outras atividades, como a produção de sabão caseiro;

Saiba Mais:


Quer comentar ?