Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Endurecimento das pernas

Endurecimento das pernas

O endurecimento das pernas vem se tornando uma queixa frequente em consultórios médicos. Se esse incômodo vem acometendo o seu organismo saiba quais são as principais causas desse transtorno e os tipos de tratamento.

     

Todo e qualquer sintoma que acomete o nosso organismo de uma maneira diferente da sua normalidade, costuma ser um sinal de alerta do corpo, onde demonstra que algo não está indo bem, como o endurecimento das pernas e coxas, que vem se tornando uma das principais queixas em consultórios médicos na atualidade, em relação aos membros inferiores.

Essa alteração costuma variar de intensidade e frequência de acordo com as suas causas, que podem ser constatadas através de um bom diagnóstico médico, onde será avaliado as condições do paciente, a sua predisposição genética, idade, sexo, hábitos e atividades diárias e todos os demais sintomas presentes.

Endurecimento da perna: causas, sintomas e tratamento.

Mulher com dor na perna.
(foto: divulgação)

Estudos e estimativas revelam que as principais causas desse distúrbio são:

Doença arterial periférica

Causas

Essa enfermidade se trata de uma condição dos vasos sanguíneos que com o passar do tempo vão ocasionando o estreitamento e endurecimento das artérias dos membros inferiores do corpo, com mais intensidade nas pernas e nos pés.

Isso acontece devido ao acúmulo de placas de gordura nas artérias, fazendo com que as suas paredes fiquem mais rígidas e nem um pouco propensas para o seu alongamento, não permitindo a passagem de grandes fluxos de sangue.

Os principais indivíduos que são acometidos por essa enfermidade são os homens, que possuem mais de 50 anos e pessoas que apresentam casos de diabetes, colesterol anormal, hipertensão, doença arterial coronária, doença cerebrovascular, doença renal que envolve hemodiálise, etc.

Sintomas

» Dor;
» Sensibilidade;
» Cansaço;
» Queimação;
» Desconforto nos músculos dos pés, coxas e panturrilhas;
» Pernas ou pés costumam ficar dormentes quando está em repouso;
» Pernas frias ao toque;
» Pele pálida;
» Impotência;
» Dor e cãibras com mais intensidade a noite;
» Dor ou formigamento nos pés ou dedos dos pés;
» Úlceras que não possuem cura;

Tratamento

Os cuidados ministrados com o paciente vão variar de acordo com o diagnóstico do seu quadro, podendo ele se dar através de autocuidados, uso de medicamentos e cirurgias (nos casos mais graves).

Trombose

Causas

Essa doença se dá devido as formações de coágulos nas veias localizadas na parte interior do corpo, acometendo com mais intensidade e frequência a região das pernas. Esse processo costuma proporcionar o bloqueio do fluxo sanguíneo, gerando inchaço, dor e endurecimento do local afetado.

Essa enfermidade costuma acometer com mais frequência, indivíduos que possuem mais de 60 anos de idade, pessoas que fumam, estão acima do peso, sofrem de insuficiência cardíaca, passaram por processo cirúrgico a pouco tempo, às mulheres que tomam anticoncepcionais, estrogênios, tenham hipercoagulabilidade ou câncer.

Sintomas

» Dor na perna;
» Sensibilidade;
» Inchaço;
» Alterações na cor da pele;
» Aumento de calor em uma perna;
» Pele com aparência quente ao toque.

Tratamento

Após a realização de um diagnóstico mais detalhado, a forma de tratamento será dada, de acordo com o quadro do paciente, através do uso de medicamentos ou processos cirúrgicos (nos casos mais graves).

Aviso

Todas as informações descritas acima funcionam apenas como um informativo. Portanto, se alguma alteração estiver acometendo o seu organismo, procure ajuda médica imediatamente para a realização do diagnóstico. Lembre-se que o quanto antes as causas forem constatadas, menos lesões o corpo irá sofrer, além de diminuir uma grande porcentagem de complicações que possam vir a surgir pela falta de cuidados.

Saiba Mais:


Quer comentar ?