Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Dores entre as pernas na gravidez

Dores entre as pernas na gravidez

As dores durante o período de gestação são comuns. Entenda através deste artigo porquê isso ocorre e como evitar as dores entre as pernas.

     

Dores entre as pernas

Naturalmente uma mulher grávida traz alguns problemas consigo. A gravidez, apesar de ser um momento lindo e totalmente único, pode incomodar. Não há como evitar determinadas dores ou impedir que alguns desconfortos aconteçam. Você apenas precisará ter o mínimo de paciência e encarar os “ossos do ofício”.

Uma pergunta que com certeza pode pairar em nossas mentes é: Por que esses eventuais problemas? A resposta é bem simples e está no seu corpo. Quando estamos crescendo, nosso corpo tende a proporcionar o peso. Ele então se acostuma com uma quantia certa e sempre que há excessos, há também reclamações (as dores).

O que acontece quando uma mulher está grávida é que esse excesso de peso traz desconforto ao corpo. É o mesmo que carregar algo pesado e sentir dores nas costas no outro dia. Você suportou mais do que devia e normalmente está passando por um momento de dor.

Uma atividade física durante o período de gestação pode acabar com muitas dores.

Atividade física para gestante (Foto: Reprodução)

As dores entre as pernas não são nada mais, nada menos que isso. A fase gestacional desenvolve normalmente essas dores, você precisará aprender a lidar com isso. Converse com o seu ginecologista ou médico geral que acompanha a  gravidez.

Tende-se a ideia de que elas começam a ocorrer por volta da 21° semana de gestação, contudo isso também não é uma regra. Algumas mulheres tendem a ter esse problema na 15° semana. Para se sentir segura, procure seu médico e peça para que ele lhe oriente.

Como evitar?

Claro que sempre é possível melhorar. Se você deseja evitar o desconforto é bem fácil, faça caminhadas diárias. isso poderá eliminar cerca de 80% da dor. Atividades leves de qualquer cunho são indispensáveis se você deseja ter uma melhoria em sua saúde durante a gravidez, faz bem pra você e pro bebê.

A dor é pélvica, por isso quando sentir desconforto em atividades que geralmente forçam essa área, como caminhar, subir escada ou até movimentar-se sobre a cama, procure alongar-se. A intensidade em que acontece o problema varia de mulher para mulher.

Em casos mais graves e de invalidez, o médico receitará um anti-inflamatório ou analgésico, massagens, hidroginástica e fisioterapia tendem a diminuir o problema. Tome bastante água e tenha uma alimentação balanceada. Também prefira calçados baixos e rentes.

Não carregue objetos pesados durante a gestação, evite a todo custo pesos desnecessários e prefira roupas leves. Não passe tempo demais em pé e jamais tente se tratar por conta própria, a automedicação ou a prática de exercícios errados pode trazer a perda do seu bebê. Cuidado!

Saiba Mais:


Quer comentar ?