Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Dores causadas por gases presos

Dores causadas por gases presos

Sentindo sintomas desconfortáveis devido ao acúmulo de gases? Acompanhe esse artigo e veja os métodos de tratamento utilizados para a contenção desse tipo de desconforto!

     

O acúmulo de gases é um fator extremamente desconfortável, os indivíduos que apresentam esse tipo de transtorno em algumas etapas de suas vidas, sofrem muito. Ainda que considerado comum, é essencial ficar atento a intensidade e frequência com que esse tipo de alteração se apresenta.

Essas flatulências são compostas por vários elementos, sendo os principais deles o metano, enxofre, gás carbônico e hidrogênio. Essa junção faz com que seu cheiro seja desagradável, principalmente nas pessoas que não possuem bons hábitos de vida.

A causa da demasia dos gases quase sempre está associada a alimentação inadequada e a elevada fermentação que alguns produtos promovem no organismo pelas bactérias intestinais ou estomacais, provindas do feijão, repolho, ovo, couve, couve-flor, entre outros tipos de carboidratos.

Dentre os sintomas mais destacados nos consultórios médicos do país, teremos:

Dores causadas por gases presos

Bebê chorando devido as cólicas ocasionadas pelos gases.
(Foto: Reprodução)

» Cólicas;
» Fortes dores abdominais;
» Arrotos;
» Abdômen duro e inchado;
» Sensação de peso corporal;
» Prisão de ventre;
» Azia;
» Falta de ar;
» Fisgada ou pontadas no intestino, estômago e até mesmo no coração.

O que fazer?

Assim que os incômodos começarem a se fazer frequentes, busque orientação médica para que um diagnóstico do quadro seja articulado e a promoção do tratamento feita da melhor maneira.

Tratamento e recomendações

Existem várias maneiras de eliminar e prevenir o acúmulo de gases. Veja alguns deles a abaixo e pratique todos os cuidados diariamente.

» Vá ao banheiro regularmente.

» Não segure a vontade de eliminar os gases.

» Mantenha uma boa alimentação, com uma dieta rica em fibras.

» Beba bastante água.

» Fracione as refeições (comendo de três em três horas).

» Diminua a quantidade dos alimentos no prato.

» Mastigue bem.

» Aumente a ingestão de iogurte.

» Evite o consumo de bebidas gaseificadas e todos os alimentos que causem gases.

» Faça massagens no abdômen para diminuir as dores, principalmente nos bebês.

» Pare de fumar.

» Diminua os níveis de estresse.

» Pratique exercícios físicos regularmente.

Alerta

Se os sintomas acima vierem acompanhados de febre, dores muito fortes no peito, perda de peso, vômitos, náuseas e fezes com sangue, se destine imediatamente para um centro hospitalar.

Aviso!

As descrições abordadas nesse tema são de inteiro uso para pesquisas. Para saber mais sobre o assunto, busque orientação médica.

Saiba Mais:


Quer comentar ?