Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Dor de dente causa dor de cabeça e ouvido

Dor de dente causa dor de cabeça e ouvido

Quando algum transtorno se manifesta na arcada dentária, costuma produzir várias dores orofaciais, acometendo o ouvido e também a região da cabeça. Se isso vem acontecendo com você, acompanhe este artigo e veja o que fazer!

     

Os transtornos orofaciais são aqueles que acometem a região do maxilar, da boca e dos dentes, processo que proporciona inúmeros desconfortos aos indivíduos causando dores, formigamentos, edemas, entre outros demais sintomas nessa área. O que poucos sabem é que esse distúrbio pode promover incômodos em outros locais do corpo, como a cabeça e os ouvidos.

A principal razão da irradiação dos sintomas ocasionados pela dor de dente é a ligação que a estrutura bucal possui com toda a face, porque sua vascularização e inervação está completamente interligada aos demais componentes da cabeça. Um dos fatores que costuma piorar ainda mais esses quadros é a sinusite, essa enfermidade acomete uma complexidade de elementos dessa região.

Dor de dente causa dor de cabeça e ouvido

Representação de um dente.
(Foto: Reprodução)

O que fazer?

Assim que as dores começarem a se manifestar, procure ajuda médica o mais rápido possível. Se perceber que os desconfortos são provenientes das dores de dente, vá para um dentista. Caso o profissional avalie que os sintomas estejam ligados a outros motivos, vá até o hospital mais próximo para realizar um diagnóstico mais aprofundado.

Recomendações

» Não se automedique;

» Mantenha sempre a boa higiene bucal, com a escovação diária correta, uso de fio dental e enxaguantes (de preferência os que não possuem álcool em sua composição);

» Procure diminuir o consumo de carboidratos, açúcar e gorduras, pois esses componentes ajudam na formação de cáries, placas bacterianas, tártaros, entre outros demais distúrbios;

» Faça consultas regulares com o seu dentista, pelo menos a cada seis meses, mesmo que nenhum transtorno esteja acometendo a região;

» Se possível, faça aplicações de selante e flúor pelo menos duas vezes por ano, para deixar a estrutura dentária mais forte e resistente a vários transtornos.

Aviso!

Esse texto se faz apenas como um informativo, portanto, caso necessite de mais explicações ou de um diagnóstico específico, busque orientação médica.

Saiba Mais:


Quer comentar ?