Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Dor cesárea após 30 dias

Dor cesárea após 30 dias

Entenda neste artigo por que as dores acometem as mamães no pós-parto de uma cesariana e veja uma lista de cuidados que deve ser obedecida durante o primeiro trimestre após a realização do parto.

     

A cesariana é uma das opções de parto que a mulher pode vir a escolher para o nascimento do seu bebê, mas o procedimento mais indicado para essa finalidade ainda é o parto normal, devido a rápida melhora da paciente e as menores complicações.

O processo cirúrgico realizado para o acontecimento da cesariana proporciona vários sintomas pós-parto na mulher, sendo a maioria deles bastante singulares em relação aos demais tipos de parto. Pesquisas revelam que seu percentual atualmente vem se dando entre 30% à 40% em todo o mundo.

Uma das desvantagens da cesariana é que a recuperação demora bastante para acontecer e com isso, os cuidados pós-parto devem ser  maiores. Obstetras e ginecologistas afirmam que são necessários aproximadamente 6 meses para que o corpo se recupere completamente da cirurgia.

As dores são muito comuns nos 3 primeiros meses, onde acontecem com mais intensidade depois do parto e vai amenizando conforme o tempo. Elas se dão com mais frequência no local e ao redor da região onde o corte para o parto foi feito. Outros sintomas que podem acometer a mulher nessa fase são os gases intestinais, desconforto para urinar, depressão e a posição para realizar a amamentação.

Cesariana: sintomas pós parto e cuidados.

Muitas são as gestantes que preferem o parto cesário, mas o parto normal é o mais indicado devido as menores complicações, tanto para a mãe quanto para o recém-nascido.                (Foto: Divulgação)

Cuidados

Para ter uma boa recuperação e diminuir os incômodos provocados pela cesárea, siga algumas dicas abaixo e não abra mão da orientação e do acompanhamento médico.

» Fique em absoluto repouso e descanse bastante, principalmente no 1° mês;

» Leves caminhadas e mudanças de posições quando está sentado ou deitado ajudam a liberar os gases com menos desconforto;

» Cintas são aconselháveis para pressionar e ajudar a remodelar a região;

» Evite pegar peso e se abaixar;

» Mantenha uma dieta balanceada para controlar as alterações do corpo e produzir mais nutrientes para o bebê;

» Use almofadas para apoiar o corpo e deixar a amamentação mais prática e menos dolorosa;

» Opte por utilizar roupas leves;

» Não se isole. Assim que perceber que os desconfortos pós-parto está afetando o seu lado emocional,  procure imediatamente a ajuda médica.

Saiba Mais:


Quer comentar ?