Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Dificuldade de concentração e atenção tratamento

Dificuldade de concentração e atenção tratamento

Conheça nesse artigo as causas que promovem a dificuldade de concentração e atenção nas pessoas e veja quais os métodos que estão sendo utilizados atualmente para conter esse tipo de transtorno.

     

Não existe nada pior do que estar com a agenda lotada e não conseguir centralizar as tarefas planejadas. Isso parece ser algo banal, mas vem afetando milhares de pessoas no mundo e prejudicando o seu rendimento de maneira complexa.

A falta de concentração e atenção são dois dos fatores mais aparentes nesses casos, provocando sensações de impotência tanto para o corpo quanto para a mente desses indivíduos. Os principais causadores dessa disfunção são tensões, estresse, depressão, genética, crises emocionais, anormalidades cerebrais, tabagismo, exposição a neurotoxinas, infecções, álcool e drogas.

A TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) é a patologia que se encontra fortemente ligada aos fatores descritos acima e que pode ser apresentada por públicos de várias idades e de todos os gêneros, sendo mais comum em crianças e adolescentes que tiveram complicações durante a gravidez e/ou que nasceram prematuros e com baixo peso.

Ajuda médica

Dificuldade de concentração e atenção tratamento

Mulher desconcentrada.
(Foto: Reprodução)

É extremamente importante ficar atento aos sinais apresentados pelos jovens e outras pessoas que estão a sua volta, observando se o seu comportamento vem sendo manifestado com características distintas das consideradas normais pelos seres humanos.

Os diagnósticos desses quadros são dinamizados através de análises clínicas, avaliações neuropsicológicas, busca de informações do histórico familiar e exames, como eletroencefalograma e ressonância.

Tratamento

Os métodos de tratamento serão viabilizados de acordo com as causas constatadas, mas quase sempre gira em torno de mudanças de hábitos, intervenções com profissionais da área médica, pedagógica e psicoterápica, grupo de apoio, psicoeducação familiar e suporte educacional, e uso de medicamentos.

Recomendações

» Não se exponha a nenhum tipo de reagente químico durante a gravidez.
» Seja paciente com o enfermo, o tratamento costuma ser demorado.
» Estabeleça regras e limites, promovendo uma maior organização de vida.
» Sempre olhe no olho da pessoa quando for dizer algo, assim será mais fácil ter sua atenção.
» Não exponha o enfermo a constrangimentos, não grite ao falar e promova clareza e objetividade nas suas expressões e comandos.
» Procure diminuir um pouco o ritmo do cotidiano, evitando altas cargas de estresse e ansiedade.
» Evite ao máximo ficar próximo de tudo o que possa te distrair, tentando manter sempre o foco no que deve ser feito.

Aviso!

As informações descritas nesse artigo são de inteiro uso de pesquisas. Para mais informações, procure orientação médica o quanto antes, pois se realmente houver algo de errado o diagnóstico será precoce e proporcionará menos danos.

Saiba Mais:


Quer comentar ?