Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Comportamento bipolar características

Comportamento bipolar características

Confira neste artigo as principais características e sintomas que um indivíduo apresenta quando é acometido pelo transtorno da bipolaridade. Aproveite também para saber um pouco mais sobre o assunto.

     

É considerado como transtorno bipolar o distúrbio que faz com que as pessoas alternem sua personalidade em períodos, onde acontecem variações extremas de humor, oscilações de alegria intensa e tristeza profunda, que se dão de maneira prejudicial na vida do indivíduo e dos demais que estão a sua volta.

Estudos revelam que esse transtorno acomete mulheres e homens com basicamente a mesma igualdade, se dando com mais frequência entre os 15 aos 25 anos de idade.

Causas

Não existem provas comprobatórias das razões que ocasionam essa doença, mas cientistas afirmam que ela acomete com mais frequência em familiares de pessoas que tenham sofrido ou sofrem com esse transtorno.

Tipos

» Tipo I ou depressão maníaca: apresentam pelo menos um episódio maníaco e períodos de depressão profunda;
» Tipo II ou hipomania: nunca apresentaram episódios maníacos completos, mas sim períodos de níveis elevados de energia e impulsividade;
» Ciclotimia: apresentam oscilações de humor menos graves, sendo confundida na maioria dos casos com a depressão.

Principais desencadeadores

De acordo com algumas pesquisas, os principais motivos que desencadeiam os episódios de mania são o uso de drogas, medicamentos controlados, mudanças relevantes na vida do enfermo e grandes períodos de insônia.

Primeiros sintomas

Transtorno bipolar: causas, tipos, sintomas, tratamento e complicações.

Características do transtorno bipolar.
(foto: divulgação)

» Insônia;
» Distração;
» Pouco controle do temperamento;
» Compulsão por alimentos e bebidas;
» Uso excessivo de drogas;
» Promiscuidade;
» Hiperatividade;
» Capacidade de discernimento diminuída;
» Aumento de energia;
» Muitos pensamentos;
» Fala em excesso;
» Gastos demasiados;
» Agitação;
» Irritação;
» Elevada autoestima;

Sintomas da fase depressiva

» Perda de peso;
» Diminuição do apetite;
» Desânimo;
» Tristeza;
» Falta de energia;
» Fadiga;
» Comer excessivamente;
» Ganho de peso;
» Isolamento;
» Insônia ou excesso de sono;
» Baixa autoestima;
» Perda de interesse em realizar atividades prazerosas;
» Sentimento de culpa;
» Pensamentos relacionados a suicídios e mortes;
» Tentativas de suicídio;

Ajuda médica

Assim que os sintomas começarem a se manifestar a ajuda médica deve ser procurada, isso porque, quando tratamento se faz na fase inicial do transtorno, mais chances o indivíduo tem de cura, sem mencionar que o agravamento da doença pode levar o enfermo a provocar o seu próprio suicídio ou machucar pessoas que estão a sua volta.

Diagnóstico

Para constatar se o indivíduo está sendo acometido ou não pelo transtorno bipolar, o médico realiza uma extensa anamnese da vida do paciente, como a sua genética, mudanças de comportamento, alterações de humor, casos da doença na família, além de exames laboratoriais, entre outros testes.

Tratamento

Os principais objetivos do tratamento é reduzir os sintomas, as crises e os riscos do enfermo desenvolver uma possível depressão. Os métodos mais utilizados nesse processo são o uso de medicamentos controlados, a terapia eletroconvulsiva (TEC), estimulação magnética transcraniana (EMT), o apoio familiar e dos amigos, a hospitalização do paciente, visitação a grupos de apoio, etc.

Complicações

Caso o paciente não seja tratado ou as especificações médicas não sejam realizadas de maneira adequada, o indivíduo poderá voltar a usar drogas com mais intensidade que anteriormente, além de realizar maiores tentativas de suicídio.

Aviso

Esse texto funciona apenas como um informativo, não valendo como uma qualificada orientação médica.

Saiba Mais:


Quer comentar ?