Fiapo de Jaca » Novidades » Como ser ambidestro futebol

Como ser ambidestro futebol

Os jogadores ambidestros são considerados os melhores profissionais da modalidade devido a sua extrema habilidade em campo. Entenda neste artigo o que diferenciam esses atletas e confira dicas de como aprimorar essa técnica.

     

São classificados como ambidestros todos os indivíduos que conseguem articular o seu corpo e todas as suas habilidades tanto com a parte direita da sua estrutura organizacional, quanto da esquerda. Esse processo se faz muito favorável em diversas áreas, inclusive no futebol.

Conseguir dar passes, driblar e chutar com a mesma praticidade nas duas pernas, são características raras de poucos jogadores do mundo futebolístico e devido a isso são considerados como profissionais altamente qualificados e os mais caros encontrados no mercado. Trabalhar toda essa complexidade é bastante difícil, processo que pode ser respondido pelo corpo de maneira favorável e até mesmo contrária.

A grande dificuldade de toda essa argumentação é que vivemos em um complexo de destros e canhotos, onde apenas uma parte do cérebro funciona com extrema excepcionalidade e não ambas.

Os principais jogadores listados atualmente que compõem a lista de ambidestros dos campos de futebol são:

» Pelé;
» Cristiano Ronaldo;
» Zlatan Ibrahimovic.

Dicas para ser um jogador ambidestro

Pelé, Cristiano Ronaldo e Zlatan Ibrahimovic.
(Foto: Divulgação)

Um dos atuais atletas brasileiros que vem treinando essa tática e melhorando visivelmente sua atuação em jogo é o Hernanes, camisa 10 do São Paulo. O jogador divulgou recentemente que conta com a ajuda de um professor de Educação Física para trabalhar e conhecer todas as partes do seu corpo, aprendendo a comandar todas as suas funções de maneira igualitária (do lado esquerdo e direito).

Técnicas

As principais técnicas listadas pelos ambidestros e por seus treinadores é o exercício cerebral e físico, onde estimulam os dois lados do corpo para fazerem as mesmas atividades com as mesmas habilidades e eficácia.

Os treinos deixam de ser apenas com o que possuem de melhor, para ser trabalhado o que pode ser melhorado e aprimorado para uso, isto é, se chutam, driblam, dão passes, etc.  Com a perna direita, lutam diariamente para conseguir fazer o mesmo com a perna esquerda e assim por diante.

A insistência nesse processo é o que mais ajuda os atletas, que realizam ainda vários exercícios mentais para estimular o cérebro a obedecer os comandos das duas partes do corpo.

Saiba Mais:


Quer comentar ?