Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Como aliviar a dor de dente

Como aliviar a dor de dente

Vem sentindo dores de dente completamente desconfortáveis e frequentes? Clique nesse artigo e veja o que fazer para diminuir esses incômodos e ter uma melhor saúde bucal.

     

Um dos transtornos bucais mais comuns são as dores de dente, sendo este desconforto considerado um dos mais intensos e desfavoráveis para o bem estar dos seres humanos, sua manifestação promove sérios sintomas, atrapalhando o desenvolvimento de todas as atividades da rotina do indivíduo.

Esse tipo de disfunção não se apresenta do nada, sendo proporcionada pela junção de vários fatores, como a má higienização bucal, infecções, lesões, cáries, erupção nos dentes, problemas na gengiva, abscessos, distúrbios na articulação temporomandibular, restaurações mal feitas, sinusites e até mesmo doenças cardíacas.

Além da dor intensa e frequente, outros sinais também costumam estar presentes nesses quadros, como:

Como aliviar a dor de dente

Criança no dentista.
(Foto: Reprodução)

» Pressão na região;
» Inchaço;
» Dor de cabeça;
» Febre;
» Maior sensibilidade da área.

O que fazer?

Se as alterações descritas acima durarem por mais de dois dias, um consultório odontológico deverá ser procurado o quanto antes para que o profissional dinamize um diagnóstico detalhado do paciente, evidenciando as causas da patologia para ministrar o tratamento mais apropriado.

Tratamento

Os procedimentos utilizados para contenção das dores irão variar de acordo com os motivos que estão as promovendo. Dentre os métodos mais articulados nesses quadros, podemos citar uso de medicamentos, restaurações, remoção da placa bacteriana e do tártaro, canal e a extração dentária.

Dicas para aliviar a dor

Fazer a higienização bucal correta (como escovação, uso do fio dental e enxaguantes), promovendo posteriormente um gargarejo com água quente e sal e uma compressa quente para diminuir o inchaço.

Recomendações

» Escovar os dentes sempre após as refeições.

» Manipular o fio dental pelo menos duas vezes ao dia.

» Utilizar enxaguantes.

» Dinamizar limpezas e aplicações com flúor.

» Ir ao dentista a cada seis meses, mesmo quando nenhuma alteração for constatada.

» Evitar ao máximo a ingestão de produtos açucarados, gordurosos e carboidratos.

Aviso!

Os dados contidos nesse artigo se tratam apenas de um informativo. Para saber mais sobre o assunto, busque orientação médica.

Saiba Mais:


Quer comentar ?