Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Como acabar com a prisão de ventre

Como acabar com a prisão de ventre

Vem sofrendo diariamente com os efeitos da prisão de ventre e não sabe mais o que fazer? Clique nesse artigo e veja os métodos de tratamento que podem ser articulados para conter essa disfunção!

     

Não existe nada pior do que se sentir inchado, pesado e desconfortável. Quem sofre de prisão de ventre ou intestino preso sabe muito bem como é tudo isso, convive diariamente com essa disfunção e seus incômodos por longos anos, achando tudo normal.

Se você também tem essa concepção, está na hora de mudá-la e ficar mais atento ao funcionamento do seu organismo. Esse assunto ainda é pouco comentado entre pacientes e médicos nos consultórios do país, principalmente pelas mulheres, já que se envergonham ao falar desse probleminha que lhe ocasiona danos.

A constipação é associada a pouca articulação de evacuações e a dificuldade com que essa ação é realizada. A gravidade dos quadros geralmente variam de indivíduo para indivíduo, seus hábitos de alimentação, suas condições de saúde, genética, entre outros fatores.

Como acabar com a prisão de ventre

Representação do corpo feminino.
(Foto: Reprodução)

As causas mais comuns dessa alteração são: pouco consumo de fibras e líquidos, sedentarismo, distúrbios neurológicos e metabólicos, estresse, ansiedade, depressão, uso de medicamentos, fecaloma, hemorroidas, diverticulose, fissuras anais e câncer colorretal.

Dentre os sintomas mais frequentes desse transtorno, podemos citar:

» Diminuição do número de evacuações
» Inchaço e dores no abdômen
» Vômitos
» Irritabilidade
» Fezes secas e muito duras
» Evacuação incompleta
» Dificuldade e incômodos ao tentar evacuar, exigindo grandes esforços

O que fazer?

Assim que os sinais acima começarem a se manifestar, é essencial que a ajuda médica seja procurada em um dos centros clínicos hospitalares mais próximos, para que um profissional da área da saúde execute um diagnóstico específico do paciente. Essa análise é feita com a dinamização de anamneses, exames de imagem, sangue e fezes.

Tratamento

Os métodos se diversificam de acordo com a observação médica em relação ao quadro do enfermo, mas costuma ser prescrita na mudança de hábitos alimentares (com a inserção de dietas saudáveis, ricas componentes laxativos, fibras e maior consumo de água), pratica de exercícios físicos, lavagens intestinais, uso de medicamentos (como supositórios) e procedimentos cirúrgicos (nos casos mais graves).

Cuidados

Existem algumas recomendações que ao serem seguidas podem evitar e conter as crises de prisão de ventre, como:

» Beber água regularmente, elevando seus níveis em dias quentes e enquanto pratica exercícios físicos.

» Comer de forma saudável, fracionando as refeições, diminuindo a quantidade dos alimentos e mastigando bem.

» Diminuir a ingestão de produtos industrializados, frituras, gorduras, sódio, açúcares e bebidas alcoólicas.

» Ir ao banheiro sempre que sentir vontade, evitando atrapalhar o funcionamento do trânsito intestinal.

» Controlar as crises emocionais, promovendo equilíbrio a mente e ao físico.

» Praticar exercícios físicos todos os dias, entre 30 à 40 minutos, através de modalidades aeróbicas e musculação.

Saiba Mais:


Quer comentar ?