Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Artrose no joelho: sintomas e tratamento

Artrose no joelho: sintomas e tratamento

A artrose é uma das doenças articulares mais comuns existentes no mundo. Devido a isso, saiba neste artigo quais são as suas causas, sintomas e veja quando procurar ajuda médica para realizar o tratamento. Outras informações estão expressas no decorrer da matéria.

     

É denominado como artrose ou osteoartrite (OA) todas as degenerações provocadas nas articulações do corpo. Esse é considerado como um dos transtornos mais comuns do mundo em relação a essas áreas, sendo ocasionados com mais intensidade com o aparecimento do envelhecimento e de traumatismos.

O joelho se faz como uma das regiões mais afetadas por esse distúrbio, que se manifesta com frequência em indivíduos que possuem idade superior à 45 anos, com mais relevância nas mulheres do que nos homens.

Causas

Não existem causas específicas que simbolizem razões do aparecimento da doença, mas estudos constatam que os principais motivos que provocam essa anomalia são o excesso de peso, a obesidade, traumatismos diretos no local, desgaste natural da articulação, fraturas, lesões, distúrbios de coagulação, gota, pseudogota, artrite reumatoide e doenças inflamatórias associadas com as articulações.

Artrose: causas, sintomas, tratamento e prevenção.

Simbolização de um joelho saudável e outro com artrose.
(Foto: Reprodução)

Sintomas

» Dor e rigidez nas articulações do joelho;
» Estalos na região ao se movimentar;
» Inchaço;
» Calor;
» Dificuldades em se locomover e apoiar o joelho;
» Músculos da coxa mais fracos e atrofiados;
» Sensação de aumento do local;
» Aumento e diminuição dos desconfortos de acordo com a utilização da área. Quanto mais esforços, mais incômodos aparecerão.

Ajuda médica

Assim que os sintomas surgirem a ajuda médica deverá ser procurada, principalmente se eles estiverem atrapalhando seu estilo de vida, seus hábitos diários e noturnos.

Tratamento

Os procedimentos irão variar de acordo com a análise médica do quadro do enfermo, podendo se dar através do uso de medicamentos, sessões de fisioterapia, modificação nos hábitos de vida (em relação a suplementação, alimentação e prática de exercícios físicos regulares), infiltração com corticoides e nos casos mais graves, processos cirúrgicos.

Complicações possíveis

» Complicações nos processos cirúrgicos;
» Redução gradativa da realização de tarefas cotidianas;
» Menor capacidade de locomoção;
» Reações ao uso dos medicamentos.

Prevenção

Se alimentar corretamente, praticar exercícios físicos regularmente e ficar dentro do peso considerado saudável, se faz como as 3 ações mais importantes durante toda a vida para prevenir não somente a artrose, mas também outras demais doenças.

Atenção

Esse texto se trata de um importante informativo, devido essa enfermidade ser bastante preocupante, portanto, assim que ela surgir, procure orientação médica rapidamente.

Saiba Mais:


Quer comentar ?