Fiapo de Jaca » Estilo de Vida » Aprenda a identificar as mudanças corporais durante a gravidez

Aprenda a identificar as mudanças corporais durante a gravidez

A menstruação atrasou e está sentindo algumas mudanças corporais? Saiba que você pode estar grávida! Confira nesse artigo os sinais físicos que costumam indicar o início do período gestacional.

     

O organismo humano é muito complexo e apresenta sinais diferentes sempre que alguma modificação está acontecendo, em especial quando é em seu interior, mesmo não vendo, conseguimos sentir com facilidade (principalmente quando temos o hábito de reparar em sua estrutura e funcionamento).

Um dos períodos em que as alterações são bastantes frequentes na anatomia feminina, é quando a fecundação do óvulo acontece, promovendo a gestação. Esse processo mexe com todos os órgãos reprodutores das mulheres, seus níveis hormonais, aparência física, questões mentais e emocionais.

Se você vem sentindo enjoos frequentes, a menstruação está atrasada e outros sintomas que evidenciam uma gravidez, veja a seguir como identificar se essa suspeita é real através das mudanças corporais que as gestantes manifestam nos primeiros meses:

Aprenda a identificar as mudanças corporais durante a gravidez

Gestante.
(Foto: Reprodução)

» Dor, aumento e sensibilidade nas mamas.

» Abdômen duro e um pouco dolorido.

» Aumento da apresentação de acnes e varizes.

» Hemorroidas.

» Inchaços e formigamentos corporais (com mais intensidade nas mãos e nos pés).

» Alterações na pele, como mudança ressecamento, de tonalidade, manchas, linha escura no abdômen, maior pigmentação da aréola do mamilo.

O que fazer?

Se os alertas anatômicos acima estiverem sendo apresentados, o mais indicado é que um exame de gravidez seja efetuado o quanto antes, podendo ele ser de farmácia ou de sangue. Se o resultado for positivo, é altamente recomendado que a mulher procure um ginecologista ou obstetra para iniciar o seu pré-natal.

O acompanhamento do especialista durante o período gestacional será extremamente importante para que nenhum transtorno acometa a saúde da mãe e do bebê até o final da gestação, fazendo com que o parto e o pós-parto sejam tranquilos para ambos.

Saiba Mais:


Quer comentar ?